Mica Galvão comemora conquista do GP dos médios do BJJ Stars e revela o que fará com a premiação do torneio
Lance!
Mica Galvão comemora conquista do GP dos médios do BJJ Stars e revela o que fará com a premiação do torneio


Com apenas 18 anos de idade, o fenômeno Mica Galvão fez história ao conquistar no último sábado (30), em São Paulo, o GP dos médios do BJJ Stars 8. Para garantir o título e a premiação de cem mil reais, o faixa-preta da Fight Sports derrotou o multicampeão mundial Leandro Lo na primeira luta, depois bateu Maurício Oliveira e na grande final finalizou o campeão mundial Lucas “Hulk” Barbosa. O manauara ficou muito feliz com a conquista e falou sobre o seu duelo contra o experiente Leandro Lo logo na primeira luta do GP. Mica, que tem apenas um ano e meio como faixa-preta e é 15 anos mais novo que Lo, disse que passou um filme em sua cabeça ao enfrentar o heptacampeão mundial.

“Eu gostei muito do meu desempenho. Acredito que consegui cumprir tudo o que foi pedido pelo meu pai. Enfrentei logo de cara o Lo. Foi muito divertido. Um dia desses eu ainda estava brincando nos tatames e no sábado eu estava lutando contra ele. Passou um filme na minha cabeça. Lo é uma lenda e foi uma honra poder lutar contra ele”, disse Mica.

Após passar por Lo e Maurício Oliveira, que acabou se lesionando na semifinal, ele fez a final contra o faixa-preta da Atos Jiu-Jitsu Lucas “Hulk” Barbosa, dono de dois títulos mundiais e 11 anos mais velho. Mica foi ainda mais eficiente e conseguiu finalizar Hulk com um estrangulamento pelas costas.

“Eu sempre entro em todas as lutas para finalizar. Não importa quem seja. Sei que nem sempre vou conseguir, mas eu não tenho dúvidas que vou tentar. Hulk é um cara muito duro, nem lembro a última vez que alguém finalizou ele. Nós sabíamos que dificilmente ele bateria em um braço ou uma perna, por exemplo. Então o objetivo era chegar nas costas, independente de onde eu caísse. Demorou bastante para aparecer o espaço, mas quando vi a oportunidade não pensei duas vezes antes de tentar”, disse Mica, que elogiou a organização do BJJ Stars e revelou o que fará com a premiação conquistada.

“Foi a primeira vez que lutei no BJJ Stars e espero que não seja a última. O evento foi fantástico, e acredito que todos contribuíram para isso. Organização, atletas e público deram um show. Ainda não decidimos o que vamos fazer com a premiação, mas provavelmente devo dar entrada em um apartamento ou algo parecido. Quero no final da minha carreira ter construído algo que eu possa viver sem me preocupar muito”, concluiu o casca-grossa.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários