Botafogo Samba Clube e Raça Rubro-Negra não conseguem acesso à Série Ouro do Carnaval
Lance!
Botafogo Samba Clube e Raça Rubro-Negra não conseguem acesso à Série Ouro do Carnaval


Escolas de samba ligadas aos clubes de futebol do Rio, a Botafogo Samba Clube e a Raça Rubro-Negra não conseguiram acesso à Série Ouro do Carnaval. As duas agremiações desfilaram na última sexta-feira na Intendente Magalhães, mas o sonho de se apresentar na Marquês de Sapucaí foi adiado.

> Listamos 13 clubes tradicionais sem o título da competição

A Raça Rubro-Negra foi a quarta escola a desfilar na Série Prata e estreou no Carnaval do Rio com uma reedição de enredo. A escola ligada a torcida organizada do Flamengo fez uma releitura do clássico 'Aquerela Brasileira', do Império Serrano, de 1964. Contudo, a agremiação ficou com apenas na nona colocação do desfile de sexta-feira com 264.8 pontos

A Botafogo Samba Clube, uma das primeiras escolas formadas com ligação a clubes do Rio, também não conseguiu acesso à Série Ouro. A agremiação, que teve o ator Marcelo Adnet como um dos carnavalescos, trouxe um enredo em homenagem a João Saldanha, mas ficou na oitava colocação do desfile de sexta-feira, com 265.1 pontos.

A Arranco do Engenho de Dentro foi a campeã da primeira noite de desfiles, enquanto a União de Jacarepaguá, a da segunda noite e geral. Dessa forma, as duas conseguiram o acesso.

A Acadêmicos da Abolição, que homenageou Alex Escobar , escapou do rebaixamento para a Série Bronze. Ela ficou na 12ª colocação do desfile de sábado, com 266.9.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários