Jogador do Náutico se justifica após ir para cima de árbitra: 'Em nenhum momento a agredi fisicamente'
Lance!
Jogador do Náutico se justifica após ir para cima de árbitra: 'Em nenhum momento a agredi fisicamente'


Após partir para cima da árbitra durante a final do Campeonato Pernambucano no último sábado (30), Jean Carlos revolveu vir a público se justificar sobre o ocorrido. Pelas redes sociais, o jogador afirmou que jamais cometeria alguma agressão contra Deborah Cecília.

Lance aconteceu durante final do Campeonato Pernambucano (Foto: Reprodução)

- Cada um falando o que quer, cada um dizendo o que acha sobre mim e o que aconteceu, mas estou aqui para esclarecer: no momento da expulsão, sim, fiquei muito chateado e perdi a cabeça porque sabia que não tinha dado a cotovelada. Fiz o movimento de tirar o braço dele (adversário). No momento que a Deborah me deu o cartão, fui para cima, sim, mas em forma de reclamação, como qualquer jogador indignado em uma final de campeonato poderia fazer - disse Jean em uma publicação nas redes sociais.

O jogador pediu desculpas para a árbitra e todas as mulheres que se sentiram ameaçadas com a sua atitude dentro de campo.

- Em nenhum momento a agredi fisicamente, sequer verbalmente. Fui para cima para falar com ela que eu tinha tirado o braço dele (adversário), não para dar cotovelada. Entendo que pelas imagens parece que eu poderia fazer algo, mas jamais faria, sou totalmente contra. Se a Deborah em algum momento achou que isso poderia acontecer, peço desculpas a ela, a todas as mulheres. Quem me conhece sabe que eu jamais faria algo parecido - concluiu Jean.

A situação aconteceu aos 23 minutos do primeiro tempo. Jean Carlos foi expulso após dar uma cotovelada no adversário e correu em direção a árbitra. Antes que o jogador pudesse fazer alguma coisa, foi contido pelos companheiros de equipe.

Jean Carlos deixou o campo bem irritado, e a atitude do jogador repercutiu nas rede sociais. Apesar da polêmica, o jogo seguiu, e o Náutico conquistou o título do Campeonato Pernambucano após vencer o Retrô nos pênaltis.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários