Polícia Civil pede prisão preventiva de Saul Klein, investidor da Ferroviária
Lance!
Polícia Civil pede prisão preventiva de Saul Klein, investidor da Ferroviária


Acusado de crimes sexuais contra 14 mulheres, Saul Klein , investidor da Ferroviária, foi indiciado pela Polícia Civil, que pediu a prisão preventiva do cartola. De acordo com o "Blog do Rodrigo Viana", outras nove pessoas também foram indiciadas com o empresário na última quinta-feira.

+ Briga acirrada por direitos da Libertadores faz Conmebol abrir nova rodada de negociações

Saul Klein foi indiciado pelos crimes de organização criminosa, redução à condição análoga à escravidão, tráfico de pessoas, estupro, estupro de vulnerável, casa de prostituição (manter estabelecimento próprio em que ocorria exploração sexual), favorecimento à prostituição ou qualquer tipo de exploração sexual de criança, ou de adolescente, ou de vulnerável.

+ Bruno Mazzeo rebate Hélio do Anjos após técnico acusar gritos racistas vindos da torcida do Vasco

A delegada Priscila Camargo, uma das responsáveis pelo caso, afirmou que o caso já dura mais de 15 meses e outras pessoas serão indiciadas. A investigação policial começou ainda em 2020 e agora vai para análise do Ministério Público.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários