Paulo Sousa justifica saídas de estrelas do Flamengo em segundo tempo ruim na Libertadores
Lance!
Paulo Sousa justifica saídas de estrelas do Flamengo em segundo tempo ruim na Libertadores


O Flamengo venceu a Universidad Católica nesta quinta-feira, por 3 a 2, em duelo suado e válido pela terceira rodada do Grupo H da Libertadores, onde o time do Paulo Sousa está com 100% de aproveitamento. O técnico comentou sobre as substituições feitas ao longo do segundo tempo, em que o Rubro-Negro sofreu uma considerável pressão dos chilenos, em Santiago .

Paulo Sousa sacou Gomes (no intervalo), Everton Ribeiro, Arrascaeta, Bruno Henrique (na mesma janela, com 20 minutos da etapa final), Marinho, Pedro e Lázaro (na última janela de alterações, com 37'/2ºT). A fim de evitar polêmicas por ter tirado peças importantes, o Mister justificou caso a caso na coletiva:

João Gomes : "Em relação ao João e a todos os volantes, dentro do nosso jogo já uma necessidade física muito grande e uma necessidade de clareza mental no jogo. Não podemos esquecer que o João vem com muita minutagem acumulada a desgaste físico, e também com algumas queixas musculares, exatamente pelo volume de trabalho. A gente precisava de mais intensidade e frescor (na equipe), por isso tomamos a decisão por colocar o Andreas, que ultimamente vem tendo menos participações, para poder trazer mais intensidade. São posições que exigem muita intensidade e necessitam de frescor. Foi por isso que fizemos (a alteração)."

Everton Ribeiro : "Foi sobre tudo por opção física. O Everton tem vindo nos ajudar, tem vindo a recuperar, mas tem fortes dores musculares na panturrilha e está procurando recuperar para poder nos ajudar. Hoje foi um jogo difícil para ele, com muita pressão, muito jogo de costas, muita marcação."

Arrascaeta : "O Arrascaeta teve uma contusão no músculo também, vim apresentando algumas dificuldades em termos de disponibilidade".

Bruno Henrique: "Com o Bruno, a gente tinha pensado até mesmo em colocá-lo menos tempo do que ele jogou, pois a equipe precisa dele. Temos que seguir com cuidado com ele, para que ele fique o maior tempo possível a nível competitivo".

Gabigol: "No final da partida, precisamos de alguém para ajudar no jogo aéreo e nas bolas paradas, como foi o Pedro, e que também desse alguma profundidade para fazer chegas as linhas mais próximas, de forma que a gente pudesse estar mais próximo da baliza do adversário do que da nossa baliza".

> Fla 100%! Veja a tabela na Libertadores

Com a vitória em Santiago, o Flamengo segue com 100% de aproveitamento e tem a classificação encaminhada no Grupo H. O Rubro-Negro volta a campo, pela Libertadores, na próxima quarta, em Buenos Aires, contra o Talleres. No domingo, enfrenta o Altos, em Teresina, pela Copa do Brasil.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários