Ituano é efetivo e vence o Bahia dentro de casa
Lance!
Ituano é efetivo e vence o Bahia dentro de casa


No Novelli Júnior, o Ituano soube aproveitar a sua chance e derrotou o Bahia por 1 a 0. Com o placar, o Galo chega ao 3º lugar com 8 pontos. O Tricolor permanece na liderança, com 10 pontos.

CALENDÁRIO

Na próxima rodada, o Galo encara o Novorizontino, fora de casa. O Tricolor faz jogo contra o Londrina, na Arena Fonte Nova.

ITUANO COMEÇA BEM

Com a postura de mandante, o Ituano se lançou ao ataque e teve boas oportunidades nas finalizações de Pacheco e Aylon.

GOL DO ITUANO

Na cobrança de escanteio, Bernardo subiu sozinho e cabeceou forte para vencer o goleiro Danilo Fernandes, 1 a 0.

PRESSÃO DO BAHIA

Na etapa final o Tricolor voltou melhor e começou a criar boas chances. Na primeira, Marco Antônio soltou o pé e a bola passou por cima do gol. Pouco depois, Rildo mandou para o gol e Pegorari salvou.

CHANCES PERDIDAS

Na pressão do Bahia, o time de Salvador criou três boas oportunidades. Na primeira Davó recebeu em ótima condição e parou no goleiro Pegorari. Luiz Otávio também teve a sua chance, mas cabeceou errado na cara do gol. Por fim, Rildon bateu a falta e o arqueiro do Ituano salvou.

ITUANO 1 X 0 BAHIA
Local: Novelli Júnior, Itu (SP)
Data-Hora: 29/4/2021 – 21h30
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (BA
Auxiliares: Márcio Gleidson Correia Dias (BA) e Helcio Araujo Neves (BA)
VAR: Rodrigo Nunes de Sa (RJ)
Público/renda: pagantes/R$
Cartões amarelos: Rafael Elias, Pegorari, Gerson Magrão, Jiménez (ITU), Matheus Bahia, Guto Ferreira, Luiz Henrique (BAH)
Cartões vermelhos: –
Gols: Bernardo (23’/1ºT)

ITUANO: Pegorari; Pacheco, Léo Santos, Bernardo e Roberto; Jiménez, Lucas Moreira, Kaio (Lucas Nathan, aos 44/2ºT) e Gerson Magrão (João Victor, aos 43/2ºT); Aylon (Dudu Vieira, aos 24/2ºT) e Rafael Elias (Iago Telles, aos 36/ºT). Técnico: Mazzola Junior.

BAHIA: Danilo Fernandes; Douglas Borel (Jonathan, aos 36/2ºT), Ignácio, Luiz Otávio e Luiz Henrique; Emerson Santos, Patrick (Vitor Jacaré, aos 25/2ºT) e Daniel; Raí (Rildon, aos 35/1ºT), Marco Antônio (Ronaldo, aos 36/2ºT) e Davó. Técnico: Guto Ferreira.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários