Bruno Mazzeo rebate Hélio do Anjos, após técnico acusar gritos racistas vindos da torcida do Vasco
Lance!
Bruno Mazzeo rebate Hélio do Anjos, após técnico acusar gritos racistas vindos da torcida do Vasco


Durante a partida entre Vasco e Ponte Preta, pela 4ª rodada da Série B , Hélio dos Anjos, técnico da Ponte Preta, afirmou ao árbitro que ouviu ofensas raciais por parte da torcida vascaína em São Januário. O vascaíno e ator Bruno Mazzeo repudiou as acusações do treinador.

Nos storys do seu perfil pessoal do Instagram, Bruno criticou a atitude do treinador.

- Que papelão do sr. Hélio dos Anjos, técnico da Ponte, ontem em São Januário. Após a torcida do Vasco fazer o já costumeiro som de pitbull ao se referir ao nosso cão de guarda Yuri (que partida aliás!), chamou o (péssimo) juiz para acusar a torcida de racismo. Mesmo já tendo trabalhado no Vasco (sem brilho, como sempre), fingiu desconhecer a nossa histórica luta contra o racismo. Uma vergonha. Respeite nossa história, senhor Hélio dos Anjos. E limpe sua boca antes de nos acusar do crime contra o qual lutamos desde a nossa fundação - escreveu Bruno Mazzeo.
Bruno Mazzeo

Foto: Reprodução/ Instagram

O lance em questão ocorreu logo após um desarme de Yuri Lara próximo à linha lateral. No mesmo instante os torcedores passaram a fazer barulhos de latido em apoio ao volante, que é considerado o cão de guarda da defesa vascaína.

Leia Também

Na publicação seguinte, o ator relembrou a polêmica envolvendo o treinador, ironizando a acusação de racismo. A manchete utilizada por Mazzeo é de uma das falas do treinador na época que comandava o Goiás, em 2009.

Na ocasião, Hélio afirmou que não trabalharia com homossexuais, se referindo a jogadores com 'frescura' ou ciúmes no relacionamento do técnico com o restante do elenco. Após a repercussão, o técnico reconsiderou a fala e disse que uma pessoa homossexual jogaria no seu time, contanto que fosse profissional.
Bruno Mazzeo

Foto: Reprodução/Instagram

Na manhã desta quinta-feira (28), o Vasco lamentou a acusação de Hélio dos Anjos e divulgou um comunicado sobre o acontecimento.

​- Fomos surpreendidos na noite da última quarta-feira (27/04) em São Januário com uma absurda acusação de racismo direcionada a torcida do Vasco vinda de alguns profissionais da A. A. Ponte Preta. Algo sem fundamento algum e que se baseou equivocadamente num canto criado pela torcida do Vasco utilizado para homenagear o volante Yuri Lara, algo já feito, por exemplo, por outras torcidas e em outras praças esportivas - informou o clube carioca.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários