Após vencer o President’s Cup, Lucas Pinheiro se prepara para o King of Mats e o Abu Dhabi Grand Slam de Jiu-Jitsu
Lance!
Após vencer o President’s Cup, Lucas Pinheiro se prepara para o King of Mats e o Abu Dhabi Grand Slam de Jiu-Jitsu


Após conquistar a prata no Pan-Americano de Jiu-Jitsu, Lucas Pinheiro partiu para Abu Dhabi para participar de três competições antes do Mundial da IBJJF, que acontece em junho na Califórnia. Em seu primeiro compromisso, o faixa-preta da equipe Atos Jiu-Jitsu representou o time Baniyas Club no evento President’s Cup, um dos campeonatos mais importantes e valorizados nos Emirados Árabes Unidos, pois é a base para formar uma seleção local para disputar torneios ao redor do mundo. Lucas venceu a sua luta em menos de 30 segundos e ajudou a sua equipe a faturar o campeonato.

“O President’s Cup é tipo um Brasileiro de Equipes. São seis times e cada time tem um atleta por categoria. Eu fiz uma luta no sábado e finalizei em 30 segundos. Não senti muito a luta porque foi rápido, mas por outro lado foi bom. Estou vindo de um bom ritmo de competição, já que lutei recentemente o Pan-Americano. E o meu foco é esse, sempre entrar para finalizar. Este ano estou muito focado em buscar a finalização o tempo todo nas minhas lutas, e isso está fazendo muita diferença no meu estilo de luta”, disse Lucas.

Após vencer President’s Cup, o pupilo de André Galvão virou a chave e agora se prepara para os eventos King of Mats, que acontece no dia 7 de maio, e o Abu Dhabi Grand Slam de Jiu-Jitsu, que acontece no dia 8 de maio. Treinando com Pablo Mantovani e a equipe do National Team de Abu Dhabi, Lucas está confiante em conquistar mais dois bons resultados.

“A minha preparação está sendo muito boa aqui em Abu Dhabi. Estamos treinando no tempo de luta do Grand Slam, que é de cinco minutos. Uma regra diferente. Isso está sendo muito legal, pois eu procuro adaptar o meu jogo para o estilo do evento. O King of Mats vai ser muito bom, pois terão vários caras duros. Estou bem animado para esse campeonato. Serão seis atletas, onde todos se enfrentarão. Os dois que fizerem mais pontos vão para a final. Estou com essa mentalidade de entrar e buscar sempre a finalização, que é o que mais soma pontos. O objetivo é um só: conquistar esse campeonato”, garantiu.

Os torneios em Abu Dhabi, além do Pan-Americano realizado no início de abril na Flórida, estão servindo para o manauara como uma espécie de preparação para buscar o inédito título Mundial da IBJJF na faixa-preta.

“O Mundial é o meu grande objetivo. Estou fazendo de tudo para chegar no Mundial voando, por isso tenho me dedicado bastante na preparação física, técnica e o mais importante, o mental. Eu venho trabalhando muito nisso, inclusive na parte de respiração e concentração. Tenho certeza que isso fará diferença no dia do campeonato”, concluiu.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários