Sem consenso sobre prioridade, Fluminense tenta driblar problemas em decisão na Sul-Americana
Lance!
Sem consenso sobre prioridade, Fluminense tenta driblar problemas em decisão na Sul-Americana


Um dos times que mais se movimentou no mercado de transferências, o Fluminense já está sentindo o desgaste. Com três competições simultâneas na temporada, o Tricolor ainda tenta se equilibrar, mas não traçou a meta sobre qual torneio priorizar. Sem uma orientação específica, o técnico Abel Braga segue tentando colocar o que tem de melhor em cada partida. E nesta terça-feira, às 21h30 (de Brasília), o Flu tem um confronto decisivo com o Unión Santa Fe no Maracanã que pode definir a vida na Sul-Americana.

O jogo pela terceira rodada, com transmissão em tempo real do LANCE! , é um daqueles casos de "vencer ou vencer". Com uma vitória e uma derrota até aqui, o Flu precisa ganhar as duas partidas que ainda tem em casa, além de bater o Oriente Petrolero (BOL), considerado o mais fraco do grupo, fora e sonhar com pelo menos um empate com o Santa Fe na Argentina. Isso caso o Junior Barranquilla confirme as expectativas e tenha sucesso nas partidas na Colômbia. A definição seria por detalhes.

Veja a tabela da Sul-Americana

Além de estar pressionado pelos maus resultados recentes, como a derrota para o Junior na rodada passada da Sul-Americana e para o Internacional no Brasileirão, o Fluminense também convive com problemas de lesão. Na última partida, Yago Felipe e Caio Paulista ficaram fora porque sentiram. Manoel e Willian também tiveram problemas no sábado, enquanto Felipe Melo segue em recuperação. O acúmulo de desgaste é um dos maiores problemas e Abel segue tentando rodar a equipe.

- Nós já conversamos, até agora não chegamos a um denominador. Não tem controvérsia, o que tem é que estamos tentando sempre colocar o que é melhor para a equipe. E vai continuar assim, a não quer que chegue: "Olha, a prioridade agora é isso". Eu, a cada jogo, escalando certo ou errado, estou colocando aquilo que eu sinto. Com certeza, depois desse jogo, vão chegar para mim: "Esse, esse e esse não põe". E não vou pôr, vamos ver se tenta alguma coisa diferente. Vamos jogar contra um time relativamente novo, mexe muito, muito forte - disse Abel após a derrota para o Inter.

- Sobre ter ou não ter (elenco), não vou comprometer aquilo que o clube tem como capacidade ou não, não sou eu que administra o clube. O Fluminense está com esse plantel, é aí que vocês têm que analisar se dá ou não dá - completou o treinador.

FATOR CASA

É verdade que o Fluminense segue sem vencer em casa pelo Campeonato Brasileiro, mas o Maracanã segue sendo uma força que o clube quer aproveitar. Mesmo com público baixo e poucos ingressos vendidos , o Tricolor defende uma invencibilidade de quase quatro anos. A última derrota do Flu como mandante pela competição aconteceu em 2018, na semifinal, quando foi derrotado por 2 a 0 pelo Athletico-PR.

Desde então, foram seis jogos, com três vitórias e três empates. O Tricolor bateu Atlético Nacioanal (COL), Peñarol (URU) e Oriente Petrolero (BOL) e empatou com Antofagasta (CHI), Unión La Calera (CHI) e Corinthians.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários