Independente volta ao Grupo Especial do Carnaval de SP, que terá 4 organizadas em 2023
Rafael Ribeiro
Independente volta ao Grupo Especial do Carnaval de SP, que terá 4 organizadas em 2023


O Carnaval de São Paulo terá quatro torcidas organizadas presentes. Na noite desta terça-feira (26), a Independente, agremiação ligada ao São Paulo, garantiu a segunda colocação do Grupo I (equivalente à segunda divisão) da folia paulistana e garantiu o acesso ao Grupo Especial.

>> GALERIA: O esporte no samba: lembre quem já foi reverenciado no Carnaval

A escola tricolor levou para a avenida o enredo 'Brava gente, é hora de acordar!' com a proposta de mostrar os problemas que o povo brasileiro sofre desde os tempos da colonização. Com destaque para a dança vibrante do casal de mestre-sala e porta-bandeira, o bom desempenho da bateria e a sinergia entre todos os componentes, a agremiação terminou sua apresentação com 57 minutos sem demonstrar nem um pouco de preocupação.

O tema agradou os jurados, que concederam à Independente a pontuação máxima, de 260 pontos, a mesma da Estrela do Terceiro Milênio, agremiação da zona sul paulistana, que ficou com o título pelos critérios de desempate.

A torcida são-paulina volta, assim, ao Grupo Especial, onde concorreu apenas uma vez, em 2018, quando acabou rebaixada. Foi a última vez também que a folia paulistana teve quatro torcidas organizadas, justamente as mesmas que desfilarão no ano que vem: a atual campeã Mancha Verde, Dragões da Real e Gaviões da Fiel.

Confira o resultado final do Grupo de Acesso 1 de SP:

1 - Estrela do Terceiro Milênio - 260 (acesso)
2 - Independente Tricolor - 260 (acesso)
3 - Pérola Negra - 259,7
4 - Camisa Verde e Branco - 259,5
5 - MUM - 259,5
6 - X-9 - 259,3
7 - Morro da Casa Verde - 259,2
8 - Leandro de Itaquera - 258,5 (rebaixada)

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários