Em alta no Santos, Maicon ainda não fez falta no Brasileirão
LANCE!/DIARIO DO PEIXE
Em alta no Santos, Maicon ainda não fez falta no Brasileirão


O zagueiro Maicon chegou ao Santos sob desconfiança de parte da torcida e membros do CG. Na votação que definiu sua contratação, foi aprovado por 6 votos a 3. José Berenguer, Ricardo Campanário e Walter Schalka foram contrários à sua vinda. Esses três já não fazem parte do CG.

Mas, com o tempo, o jogador mostrou que pode ser útil ao Santos. Ele foi um dos melhores em campo na partida contra o Fluminense e Coritiba, ambos pelo Brasileirão. No torneio nacional, Maicon ainda não cometeu faltas e está zerado em cartões amarelos. Levando em consideração sua posição, são números elogiáveis.

Aos 33 anos, venceu 10 duelos aéreos, nove desarmes, sete chutes bloqueados, 61 de 65 passes certos e cinco interceptações. Ele vem sendo titular desde a 'mini pré-temporada' do Alvinegro, após a eliminação no Campeonato Paulista.

- Esperava sim (adaptação rápida). Porque como eu sempre disse, com muito trabalho e humildade eu sempre busco alcançar rapidamente a melhor forma possível. Já tenho muito tempo de futebol, sei das minhas qualidades, das minhas capacidades e sim, com certeza esperava essa adaptação rápida. Espero poder contribuir ainda mais para a equipe e poder ajudar todo mundo - afirmou o camisa 33 em entrevista recente.

Maicon começou a carreira no próprio Cruzeiro. Em seguida, passou por Cabofriense, Nacional e Porto (POR) até chegar ao São Paulo, rival do Santos. Após isso, jogou pelo Galatasaray (TUR) e Al-Nassr (SAU), até retornar ao time de Minas Gerais.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários