Brasil na final do feminino e semi do masculino no Follow de Copacabana
TÊNIS NEWS
Brasil na final do feminino e semi do masculino no Follow de Copacabana


O Brasil vai em busca dos títulos de Dupla Masculina e Feminina no Follow the Beach Copacabana, maior torneio do mundo de Beach Tennis com dois mil atletas de 16 países e premiação de R$ 300 mil, realizado na Praia de Copacabana. A competição é um dos Big 3 do esporte junto com Aruba e Porto Rico.

O sábado foi marcado pelo forte vento ao longo de todo o dia na capital carioca e os atletas precisaram utilizar a consistência e se adaptarem às condições. A paranaense Rafaella Miiller e a venezuelana Patrícia Diaz superaram a lendária Joana Cortez e a italiana Flaminia Daina por 6/0 6/3: "Estamos super felizes, entramos concentradas desde o primeiro ponto e isso fez bastante a diferença, sabíamos que seria um jogo super duro então o fato de nos mantermos concentradas e focadas desde o início fez com que nos mantivéssemos sólidas até o final", disse a brasileira.

Patrícia Diaz completou: "Nenhum atleta chega ao topo ou se mantém sozinho, agradeço o apoio da torcida, de coração. Parabéns aos organizadores do evento, é um prazer poder estar nessa final, o Beach Tennis está se tornando tudo isso pelo esforço de muitas pessoas e a torcida. O esporte veio ao Brasil para ficar e eu também", seguiu a venezuelana que se radicou em Sorocaba (SP).

A final acontece neste domingo às 15h contra as italianas Sofia Cimatti e Nicole Nobile que superaram as compatriotas Giulia Gasparri e Ninny Valentini por 7/6 6/4: "Sabemos que será um jogo duríssimo, nossos últimos confrontos terminaram no super tie-break , mas estamos preparadas. Teremos que lutar em cada ponto, não será fácil".

"Estou muito feliz com essa vitória, é minha primeira vez no Brasil após seis meses, foi uma partida incrível, espero que tenha sido um grande show e agradeço minha parceira que jogou muito", disse Cimatti que ficou três meses afastada do circuito por ter rompido dois ligamentos do tornozelo e voltou a jogar há menos de um mês.

A chave masculina definiu os semifinalistas. O catarinense André Baran, oitavo do mundo e melhor do Brasil, e o francês Theo Irigaray derrotaram a dupla dos italians Doriano Becaccioli e Diego Bolletinari por 6/3 7/6 com uma bela virada no segundo set saindo de 2/5 e salvando dois set-points: "A gente sempre joga com muita energia e realmente essa galera sempre nos motiva, nos puxa. Nos games anteriores nós fomos super agressivos, mas eles tiraram algumas bolas da cartola e sabíamos que se conseguíssemos manter o jogo faríamos os games para virar o jogo. Jamais desistimos , essa é a diferença, conseguimos recuperar", vibrou Baran.

Irigaray destacou as condições difíceis por conta do forte vento durante toda a partida: "O vento ficou sempre, muito difícil adaptar com a bola, mas foi duro para os dois. Estamos muito felizes de ganhar em dois sets".


Neste domingo, a partir das 11h, eles enfrentam os italianos Nicollo Strano e Denis Valmori que bateram a dupla surpreendente do catarinense Felipe Poffo e do capixaba Alvaro Campanharam que derrotou nas oitavas o pentacampeão mundial Alessandro Calbucci e o venezuelano Ramon Guedez por 6/2 2/6 6/3.


"Estamos motivados, crescendo na competição, jogando melhor a cada dia, contando com a energia da galera, jogando nesse lugar incrível. Só degustar desse espetáculo e dar o nosso melhor. É estar preparado", seguiu Baran.


A outra semi será entre os principais favoritos e melhor dupla do mundo, do italiano Michelle Cappelletti e o espanhol Antomi Ramos e a dupla do italiano Mattia Spoto e o francês Nicolas Gianotti a partir das 13h. Cappelletti e Ramos suportaram a pressão da torcida brasileira contra os irmãos cariocas João Lauro Carneiro e Diogo Carneiro marcando um duplo 6/3 enquanto que Spoto e Gianotti fizeram um duplo 6/2 sobre o carioca Luiz Gimpel e o italiano Alessandro Bucelli: "Nunca é fácil jogar com esse vento , mas jogamos bem e estamos muito felizes de fazer a semi contra Cappelletti e Ramos , vamos ver o que vai acontecer, vamos em busca da vitória . Estou amando essas condições , a torcida, quadra central muito grande, as condições que todos querem , é muito bonito", apontou Spoto, natural de Bolonha, que vive em Ravenna.


Cappelletti, tetracampeão mundial, elogiou a dupla carioca e destacou nervosismo na partida: "Foi um desafio muito complicado, nos acostumamos a jogar em condições totalmente diferentes com muito vento, muito estranho, não consegui me acostumar no saque, fiquei muito nervoso infelizmente, mas segui meu parceiro que me deu muita energia. Parabéns aos irmãos Carneiro, jogaram muito bem, os dois com 1,95m , sempre difícil enfrentá-los, são bons amigos, deram um show. Agora vamos nos aprontar para a semifinal", apontou o italiano.

Além das categorias profissionais, o Follow the Beach Copacabana definirá os últimos campeões do torneio amador nas categorias A, B, C e D,

A estrutura tem 26 quadras iluminadas, sendo arquibancada da quadra central para três mil pessoas, área gastronômica, lojas e um espaço que contará com shows em todos os dias da competição. O Follow the Beach Copacabana terá o torneio profissional, eventos de categorias amadoras, de veteranos, juvenis, além de Pais e Filhos. Fora isso, uma grande programação de entretenimento é esperada com shows e a Bateria do Salgueiro animando o período que será de Carnaval no Rio de Janeiro. São 2.500 inscrições com cerca de 2 mil atletas confirmados nesta que será a terceira edição da competição em Copacabana retornando ao palco principal após dois anos de pandemia. Em 2020 e 2021, o Follow the Beach foi disputado em locais como Uberlândia (MG) e Campinas (SP) com grande sucesso.


Resultados deste Sábado (23/04):


Feminino Profissional

Semi Final

Rafaella Miiller/Patricia Diaz (BRA/VEN) 6/0 6/3 Flaminia Daina/Joana Cortez (ITA/BRA)


Nicole Nobile/Sofia Cimatti (ITA) 7/6 6/4 Giulia Gasparri/Ninny Valentini (ITA)

Quartas de Final

Nicole Nobile/Sofia Cimatti (ITA) 6/2 6/2 Fernanda Firmo Isabelle Vecchi (BRA)

Giulia Gasparri/Ninny Valentini (ITA) 6/4 6/2 Marcela Vita/Vitória Marchezini (BRA)

Rafaella Miiller/Patricia Diaz (BRA/VEN) 6/0 6/3 Cindy Dias/Raissa Borges (BRA)


Flaminia Daina/Joana Cortez (ITA/BRA) 6/0 6/0 Flavia Muniz/Giulia Curzi (BRA/ITA)


Masculino Profissional


Quartas de Final

(1) Antomi Ramos/Michelle Cappelletti (ESP/ITA) 6/3 6/3 Diogo Carneiro/João Carneiro (BRA)


(4) Nicolas Gianotti/Mattia Spoto (FRA/ITA) 6/2 6/2 Alessandro Bucelli/Luiz Gimpel (ITA/BRA)


Dennis Valmori/Niccolo Strano (ITA) x Alvaro Campanharo/Felipe Poffo (BRA)


(2) Theo Irigaray/Andrpe Baran (FRA/BRA) 6/3 7/6 Diego Bolletinari/Doriano Becaccioli (ITA)

Oitavas de Final

(1) Antomi Ramos/Michelle Cappelletti (ESP/ITA) 6/0 6/0 Rafael Moura/Renzo Amâncio (BRA)

Diogo Carneiro/João Carneiro (BRA) 6/2 6/2 Daniel Maia/Gustavo Wellington (BRA)

(4) Nicolas Gianotti/Mattia Spoto (FRA/ITA) 6/1 6/1 Antomio Vollmer/Ricardo Barone

Alessandro Bucelli/Luiz Gimpel (ITA/BRA) 7/6 (4) 6/3 Ali Colmenares/Carlos Rivera (VEN)

Dennis Valmori/Niccolo Strano (ITA) 6/3 6/4 Ralff Abreu/Vinicius Chaparro (BRA)

Alvaro Campanharo/Felipe Poffo (BRA) 6/2 2/6 6/3 (3) Alessandro Calbucci/Ramon Guedez (ITA/VEN)

Diego Bolletinari/Doriano Becaccioli (ITA) 6/2 6/1 Matheus Silva/Murillo Mariano (BRA)

(2) Theo Irigaray/Andrpe Baran (FRA/BRA) 6/3 7/6 (4) Andrei Ludwig/Matheus Giovannini (BRA)

Programação deste Domingo (24/04):

11h - André Baran/Theo Irigaray (BRA/FRA) x Niccolo Strano/Denis Valmori (ITA) - Semi Masculina

13h - Michelle Cappelletti/Antomi Ramos (ITA/ESP) x Nicolas Gianotti/Mattia Spoto (FRA/ITA) - Semi Masculina

15h - Rafaella Miiller/Patrícia Diaz (BRA/VEZ) x Nicole Nobile/Sofia Cimatti (ITA) - Final Feminina

17h - Final Masculina

Local: Praia de Copacabana - Entre os Postos 2 e 3

A entrada é gratuita ao público até lotar a capacidade


TRANSMISSÃO - A transmissão dos jogos da quadra central acontecem pelo portal R7.com e pelo link https://bit.ly/FTBStreaming

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários