Bustos explica ausência de Fernández e nega esquema defensivo
LANCE!/DIARIO DO PEIXE
Bustos explica ausência de Fernández e nega esquema defensivo


A derrota do Santos por 1 a 0 para Coritiba, no Couto Pereira, não agradou a torcida do Santos. Pior do que o resultado, muitas críticas aconteceram por conta da atuação do Peixe. João Paulo fez cerca de nove grandes defesas na primeira etapa.

A escalação santista também não agradou. Mas, Bustos negou que a escalação tenha sido defensiva e citou exemplos de como tentou armar a equipe de forma ofensiva.

- Hoje nós jogamos com linha de quatro, um volante de recuperação e um de jogo, e quatro ofensivos. Ângelo e Julio são ofensivos. Goulart e Angulo também. Tivemos Goulart por Baptistão e Angulo por Marcos Leonardo, assim como Fernández e Zanocelo por Maranhão e Sandry. Mas não estivemos bem no primeiro tempo - disse o técnico.

Bustos explicou o motivo da ausência de Rodrigo Fernández e Marcos Leonardo, por exemplo. Ambos começaram no banco de reservas e entraram na segunda etapa.

- As mudanças foram pela quantidade de jogos. Fernández chegou e jogou todas. Angulo e Marcos Leonardo estão no mesmo nível e podem jogar ambos, assim como os demais. O problema é que defendemos mal taticamente - completou Bustos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários