Custos das obras na Arena MRV chegam a quase R$ 900 milhões depois de dois anos de trabalho
Valinor Conteúdo
Custos das obras na Arena MRV chegam a quase R$ 900 milhões depois de dois anos de trabalho


O futuro estádio do Atlético-MG, a Arena MRV, já tem dois anos de obras e tem previsão de entrega para o fim deste ano e inauguração em 2023, no dia do aniversário do Galo, em 25 de março.

Até o grande dia de abertura da arena, ainda há uma sequência de barreiras que o Galo terá de superar. Um deles é equilibrar os custos. As Obras do estádio estavam estimadas em R$ 650 milhões, mas valores de materiais e as contrapartidas exigidas pela Prefeitura de BH elevaram custo dos trabalhos em 30%, chegando a R$ 870 milhões para erguer o estádio alvinegro.

-Isso acontece porque vamos ter que cumprir algumas condicionantes caríssimas, que acreditamos custar entre R$ 200 milhões e R$ 240 milhões ao Atlético. Para se ter uma ideia, quando foram construídos os estádios para a Copa do Mundo, cada estádio deve ter pago, em média, R$ 30 milhões de contrapartida-disse o presidente do Galo, em entrevista à Rádio Itatiaia.

Coelho afirmou que as contrapartidas exigidas pelo executivo municipal são obras para viabilizar todo o empreendimento, como intervenções viárias no entorno do estádio, que fica em uma região de grande fluxo de veículos, entre o Anel Rodoviário e a Via Expressa de BH, que liga a capital a várias cidades da Região Metropolitana.

-Parte das obras de contrapartida devem ficar prontas ainda neste ano, mas para a outra parte, podemos precisar de algum tempo para ir cumprindo. O que interfere diretamente no estádio, como uma avenida de acesso ou intervenções no Anel Rodoviário, teremos que deixar pronto. Estamos negociando com a prefeitura que outras obras sejam executadas mais adiante- explicou o dirigente.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários