América-MG faz placar elástico em cima do CSA e fica perto da vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil
Valinor Conteúdo
América-MG faz placar elástico em cima do CSA e fica perto da vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil


A boa fase parece ter voltado ao América-MG. O Coelho chegou ao seu terceiro jogo seguido sem derrota após vencer o CSA por 3 a 0, gols de Éder, Matheusinho e Pedrinho, pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil, nesta terça-feira, 19 de abril, no Estádio Rei Pelé, em Maceió.

O time mineiro, de Série A, não deu muitas chances aos alagoanos e abriu larga vantagem para o jogo de volta da competição. O Coelho pode perder por até dois gols de diferença, que seguirá para as oitavas de final do maior mata-mata do futebol nacional.

A equipe comandada por Vagner Mancini foi absoluto no jogo e jogou com inteligência e eficácia, colocando sua superioridade técnica sobre o rival, que parecia jogar fora de casa, tamanha apatia no duelo no Rei Pelé.

Após alguns jogos sem apresentar um futebol convicente, o América-MG parece ter finalmente começado sua temporada nacional, com bons jogos e resultados expressivos. Para o CSA, apenas um pequeno milagre para inverter a vantagem americana.

Próximos jogos

O duelo de volta entre as duas equipes será no dia 10 de maio, terça-feira, no Independência. Antes, o Coelho encara o Santos, no dia 24 de abril, domingo, às 16h, na Vila Belmiro. O CSA entra em campo pela Série B no dia 22 de abril, sexta-feira, às 19h, contra o Bahia, no Rei Pelé.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA

CSA 0 X 3 AMÉRICA-MG
Data: 19 de abril de 2022
Horário: 19h (de Brasília)
Local: Rei Pelé, Maceió (AL)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi e Jose Eduardo Calza (ambos do RS)
Gols: Éder, aos 11’-2ºT(0-1), Matheusinho, aos 33’-2ºT(0-2), Pedrinho, aos 44'-2ºT(0-3)
Cartões amarelos: Ernandes (CSA)
Cartões vermelhos:

CSA (Técnico: Mozart Santos)

Marcelo Carné; Cedric, Anderson Martins, Werley e Ernandes; Giva Santos, Geovane (Bruno Mota, aos 20’-2ºT), Lucas Barcelos (Osvaldo, aos 8’-2ºT) e Gabriel(Igor, aos 31’-2ºT); Didira (Felipe Augusto, aos 21’-2ºT) e Rodrigo Rodrigues (Bruno Mezenga, aos 8’-2ºT)


AMÉRICA-MG (Técnico: Vagner Mancini)

Jailson; Patric, Éder, Conti e João Paulo (Raul Cáceres, aos 24’-2ºT); Juninho, Zé Ricardo e Alê; Everaldo (Matheusinho, aos 25’-2ºT), Felipe Azevedo (Carlos Alberto, aos 30’-2ºT) e Paulinho Bóia (Pedrinho, aos 30’-2ºT)

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários