D'Alessandro fala sobre emoção em jogo de despedida: 'Não tem como conter'
Lance!
D'Alessandro fala sobre emoção em jogo de despedida: 'Não tem como conter'


Ponto final na carreira de Andrés D’Alessandro. Nesta noite de domingo, o camisa 10 disputou o seu último jogo como atleta profissional e não poderia ser diferente, já que ele foi importante na vitória do Internacional diante do Fortaleza.

- VEJA A TABELA DO BRASILEIRÃO

Após o fim do jogo, D’Ale recebeu uma série de homenagens do Colorado e falou com a imprensa sobre a despedida.

‘Emoção não tem como não conter. Uma carreira onde lutei muito, sonhava em jogar meu futebol como profissional. Realizei um sonho graças a meu pai e minha mãe para fazer o que faço e sou hoje, não só como atleta, mas também como pessoa. Já aconteceu em 2011, mas hoje não. Quando o presidente Alessandro me abriu as portas do clube falei queria me aposentar. Feliz por ajudar o clube de alguma maneira e desfrutar esses últimos momentos dentro do clube. Eu lamento, gostaria de fazer uma menção a comissão de Cacique Medina. Eles tiveram o discernimento e entenderam meu momento. Me deixaram à vontade e foi bom nesses últimos quatro meses. Futebol é resultado, queria eles tivessem resultado melhor para ficarem, mas vida que segue’, afirmou, antes de completar:

'Não imaginava. Eu imaginava jogar algum tempo hoje, um pouquinho. Quando Cauan me confirmou que queria que jogasse, fiquei feliz. Na verdade, agradecido ao clube, por ele, por me darem uma chance de jogar por último no beira-rio. Eu não sonhava assim tão perfeito. Eu queria me despedir com vitória. Mas fazer um gol, cara... Muitos dizem que tenho uma estrela diferente, mas é como eu falo, trabalham. É merecimento, trabalho. Estou no lugar que eu quero, encerrei onde eu queria. O River faz parte da minha vida, uma fase diferente da minha carreira, mas isso é inacreditável. A partir de amanhã serei mais um colorado torcendo pelo nosso clube’.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários