Problemas fora do Rio, jejum no ataque, psicológico... o que observar no Fluminense contra o Cuiabá
Lance!
Problemas fora do Rio, jejum no ataque, psicológico... o que observar no Fluminense contra o Cuiabá


Depois de uma dolorosa derrota para o Junior Barranquilla (COL) na Sul-Americana, o Fluminense tenta conquistar a primeira vitória no Campeonato Brasileiro neste sábado, às 21h, contra o Cuiabá. No entanto, as últimas partidas com atuações ruins ligaram alguns sinais de alerta. Veja a seguir o que observar na partida.

Desempenho fora de casa: O Fluminense tem apresentado uma grande dificuldade em partidas fora do Rio de Janeiro e venceu apenas três dos últimos 15 jogos longe da cidade. O Tricolor só bateu o Millonarios (COL) na segunda fase da Libertadores, Athletico-PR na 27ª rodada do Campeonato Brasileiro e Chapecoense na 19ª. Nas outras partidas, foi derrotado por Junior Barranquilla, Olimpia (PAR) na eliminação no torneio continental, além dos jogos do ano passado com Bahia, Atlético-MG (duas vezes), Juventude, Grêmio, Ceará, Santos e Corinthians. Houve ainda empates com Cuiabá e Barcelona (EQU).

Veja a tabela do Brasileirão

Jejum de Cano e Fred: O momento ruim do Fluminense passa muito pelos problemas para fazer gols. E um dos motivos dessa seca é por conta dos atacantes. Germán Cano vive seu maior período sem marcar desde que chegou ao Tricolor, enquanto Fred tem a maior jejum com a camisa do clube somando as duas passagens. São 13 jogos sem balançar a rede.

Psicológico: Um dos problemas do Fluminense tem sido a postura durante as partidas. Mais do que alguma estratégia errada, o psicológico parece pesar em alguns momentos, como na derrota para o Junior na Sul-Americana. Por isso, a retomada de uma sequência positiva passa diretamente pela postura do elenco no jogo.

Possíveis mudanças: Desde o início da temporada, jogadores como Germán Cano, Fábio e Jhon Arias começaram como reservas e ganharam a vaga de seus companheiros. Com o nível de atuações muito abaixo, outros jogadores tentam ganhar espaço. É o caso de Martinelli, Nonato, o próprio Luiz Henrique, que era titular e acabou saindo do time após lesão. Essa partida pode ser importante para dar um recado a Abel Braga.

Nunca perdeu: São dois jogos apenas na história entre Fluminense e Cuiabá, mas o Tricolor nunca perdeu. Em 2021, o Flu venceu em casa por 1 a 0 com gol de Gabriel Teixeira, atualmente emprestado ao Grêmio, e empatou na Arena Pantanal por 2 a 2. Luiz Henrique e Bobadilla fizeram os gols para os cariocas, que chegaram a abrir 2 a 0, mas levaram o empate.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários