Luís Oyama prevê evolução do Botafogo com chegada de reforços: 'O foco é brigar por títulos'
Sergio Santana
Luís Oyama prevê evolução do Botafogo com chegada de reforços: 'O foco é brigar por títulos'


Luís Oyama foi o primeiro jogador da história do Botafogo a dar uma entrevista no Espaço Lonier, futuro CT do clube localizado em Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio de Janeiro, na manhã desta sexta-feira. O meio-campista destacou a evolução do Alvinegro com os últimos reforços.

+ Botafogo gasta R$ 65 milhões na primeira janela da 'Era Textor' e valor pode aumentar no futuro

- Essas contratações vêm para ajudar na competitividade, é algo sadio, aumentar o nosso nível tanto no treino quanto no jogo, o treino é reflexo do jogo. É muito bom por causa do elenco, tem Copa do Brasil também. É bom para a gente e para o clube. Botafogo está crescendo e tem tudo para ter uma trajetória vitoriosa. Estamos nos conhecemos mas já vimos que temos qualidade, o foco é brigar por títulos e posições boas na tabela - analisou.

A estrutura do Lonier ainda não está pronta. O local passa por muitas obras internas - apenas os três gramados estão prontos, motivo pelo qual Luís Castro manda os treinos no centro de treinamentos.

- Espaço Lonier quando eu cheguei até dar uma assustada (risos). Tem muito o que trabalhar para melhorar, muito o que reformar, mas os campos estão ajudando esse trabalho do Luís que valoriza muito a bola, então o ideal é ter Campos bons. Não sei se estavam utilizando, então estava meio que largado (na parte da estrutura) - afirmou Oyama.

MAIS DECLARAÇÕES DE OYAMA

Retorno ao Botafogo
- Eu e minha família temos um carinho muito carinho com o Botafogo. Tive que voltar porque tinha contrato com o Mirassol, o Botafogo estava passando por um período de dificuldade financeira, fui obrigado a manter o ritmo, as boas atuações, graças a Deus consegui e hoje estou muito feliz de estar de volta e pretendo ter uma história muito bonita igual no ano passado.

Momento
- A cobrança aqui é alta, sempre foi pela grandeza do clube. Tivemos pouco tempo de treino e preparação, o calendário é apertado, estamos nesse processo de se conhecer e isso vai acontecer no decorrer do campeonato. Tem que ter um pouco de paciência, não jogamos contra qualquer time, o Corinthians vem de um trabalho bem feito. Estamos trabalhando forte todos os dias.

Luís Castro
- Tanto treinos no campo quanto vídeos, que estamos estudando bem, já pegamos a ideia dele. Ele sempre chama a gente no particular para passar ideias, ajustar detalhes. Ele na beira do campo tenho certeza que ajuda, ele sempre cobra e tenta nos colocar no auge.

Ceará
- É um jogo difícil. Pelo menos eu acompanhei o jogo, é um time de transição muito rápida, principalmente com o Mendoza, vai ser um jogo bem difícil, também pelo clima, é um local bem abafado pelo o que eu peguei de opiniões de gente que trabalhou lá.

- A gente está trabalhando bastante, a semana está sendo muito boa, tem tudo para ser uma partida boa.

Parceria com Patrick de Paula
- Eu e Patrick estamos nos conhecendo, tanto ele quanto eu conseguimos fazer esse primeiro e segundo volante. Em relação aos gols (contra o Corinthians) nós falhamos em ter podido matar a jogada lá na frente, deixamos transitar, já vimos um vídeo dos gols que a gente tomou, acho que faltou um pouco de concentração no jogo, mas tem tudo para dar certo essa parceira entre eu e ele.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários