Autópsia deve apontar se Rincón era passageiro ou condutor durante acidente
Lance!
Autópsia deve apontar se Rincón era passageiro ou condutor durante acidente


As autoridades colombianas tentam encontrar respostas para explicar o fatídico acidente de carro no início da semana, que terminou na morte do ex-jogador. Ele estava em um carro que avançou o farol vermelho e colidiu com um ônibus na cidade de Cali. No entanto, ainda não se sabe Rincón era motorista ou passageiro do automóvel.

Em depoimento à polícia local, Lorena Cortés, uma das mulheres que também estava no carro, afirmou à polícia que Rincón estava dirigindo. Contudo, a família do ex-jogador discorda da versão. Eles afirmam que Rincón era passageiro, e que a pessoa que estava direção do veículo no momento do acidente ainda é desconhecida.

María Manuela Patiño, a segunda mulher envolvida no acidente, ainda não prestou seu depoimento. As autoridades colombianas também tentam encontrar o motorista do táxi em que os dois homens teriam embarcado logo após o acidente. A resposta para o caso deve ser dada pela autópsia do corpo.

Freddy Rincón morreu aos 55 anos. O ex-jogador é um dos ídolos do Corinthians e teve passagens por Santos, Palmeiras e Cruzeiro. Rincón estava internado desde o dia 11 de abril e não resistiu aos ferimentos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários