Bustos nega que escalação com Fernández e Maranhão seja defensiva
LANCE!/DIARIO DO PEIXE
Bustos nega que escalação com Fernández e Maranhão seja defensiva


A escalação do Santos na vitória por 3 a 2 contra a Universidad Católica do Equador, na noite desta quarta-feira, jogo válido pela segunda rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana, causou descontentamento por parte dos torcedores santista.

Por se tratar de um jogo como mandante e com necessidade de vitória, após um jogo ruim fora de casa na estreia da competição internacional, parte da torcida imaginava um time com jogadores mais ofensivos. Segundo o treinador Fabián Bustos, a presença de Rodrigo Fernández e Willian Maranhão não faz a equipe ser defensiva.

- Entrada no jogo de Fernández e Maranhão não quer dizer que não fomos ofensivos. Nos 15 primeiros minutos fomos superiores, fizemos o gol. Mas erramos no caminho. Não quer dizer que vamos rodar o elenco. Às vezes depende do rival, às vezes da gente. Trabalho durante a semana e o rendimento deles. Ângelo podia ser titular e dois dias antes do jogo sofreu um golpe - disse o treinador.

Agora, o Alvinegreo Praiano terá recebe o Coritiba, no domingo, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Brasileiro. O treinador do Peixe não confirmou se irá mexer na equipe titular para o duelo.

- Não posso garantir que vamos mexer. Vamos tentar ganhar a partida. Coritiba é uma equipe boa e fez uma boa estreia. Começar a preparar o time amanhã - completou Bustos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários