GUIA DO BRASILEIRÃO: cercado de expectativas, Botafogo aspira torneio internacional na volta à Série A
Sergio Santana
GUIA DO BRASILEIRÃO: cercado de expectativas, Botafogo aspira torneio internacional na volta à Série A


O Botafogo está de volta à Série A: atual campeão da segunda divisão do Campeonato Brasileiro, o Alvinegro reestreia na elite neste domingo, às 16h, contra o Corinthians. O time chega cercado de expectativas pelos movimentos feitos fora de campo: desde a compra de 90% da SAF por John Textor, o Glorioso gastou mais de R$ 50 milhões em contratações e foi um dos clubes que mais agitou o mercado da bola.

+ Zagueiro, ponta, meia... Botafogo corre contra o tempo na busca por contratações visando o Brasileirão

O "novo Botafogo" é um projeto a médio/longo e, para isso, trouxe um técnico com um trabalho de reconstrução de dez anos na base do Porto: Luís Castro. O português será o responsável por guiar o renascimento do Alvinegro, que quer ter um "ano tranquilo" em 2022: passar longe da zona de rebaixamento e se garantir em uma competição internacional - a Copa Sul-Americana é a meta. São passos de formiga para tentar chegar ao sucesso.

Time-base : Gatito Fernández; Daniel Borges (Saravia), Philipe Sampaio, Kanu, Jonathan Silva; Luís Oyama, Patrick de Paula; Lucas Piazon, Chay, Victor Sá; Matheus Nascimento (Erison). Técnico: Luís Castro.

VAIVÉM DO BOTAFOGO

Quem chegou : Breno (Goiás), Vinícius Lopes (Goiás), Fabinho (Ceará), Klaus (Ceará), Erison (Brasil de Pelotas), Philipe Sampaio (Guingamp-FRA), Lucas Piazon (Braga-POR), Renzo Saravia (Porto-POR), Patrick de Paula (Palmeiras), Victor Sá (Al Jazira-EAU), Luís Oyama (Mirassol) e Luís Castro (técnico).
Quem saiu : Pedro Castro (Cruzeiro), Jonathan Lemos (Bahia), Rafael Navarro (Palmeiras), Ricardinho (Paysandu), Gilvan (CRB), Warley (Coritiba), Rafael Moura, Marcinho (CRB), Marco Antônio (Bahia) e Ronald (Novorizontino).
Quem pode chegar : Niko Hämäläinen (Queens Park Rangers-ING), Victor Cuesta (Internacional) e Eran Zahavi (PSV-HOL).
Quem pode sair : Fabinho, Vitor Marinho, Felipe Ferreira, Ewerton e Gabriel Tigrão.

Os primeiros jogos*:

10/04 - Botafogo x Corinthians - 16h - Estádio Nilton Santos
​17/04 - Ceará x Botafogo - 19h - Arena Castelão
​24/04 - Atlético-GO x Botafogo - 19h - Estádio Antônio Accioly
​01/05 - Botafogo x Juventude - 11h - Estádio Nilton Santos
​07/05 - Flamengo x Botafogo - 19h - Maracanã
​14, 15 ou 16/05 - Botafogo x Fortaleza - A definir - Estádio Nilton Santos
​21, 22 ou 23/05 - América-MG x Botafogo - A definir - Independência
​28, 29, 30/05 - Coritiba x Botafogo - A definir - Couto Pereira
​04, 05 ou 06/06 - Botafogo x Goiás - A definir - Estádio Nilton Santos
​08 ou 09/06 - Palmeiras x Botafogo - A definir - Allianz Parque

*A CBF detalhou apenas as cinco primeiras rodadas do Brasileirão

+ Confira a tabela do Brasileirão!

Opinião do setorista - Sergio Santana

Pelas entrevistas dadas por John Textor ao longo dos últimos meses, o projeto do Botafogo deve apresentar algo praticamente inédito no futebol brasileiro: tempo. O norte-americano afirma claramente que chega para buscar títulos, mas que isso não é para agora. É algo para ser desenvolvido em um médio prazo e ser colhido de forma pensada e planejada.

Não sabemos se isso realmente vai acontecer, mas, pelo andar da carruagem, é plantar para colher - e não tentar comprar a muda já crescida, como acontece várias vezes no futebol brasileiro. Luís Castro é o nome perfeito para isso - o que talvez explique o tempo que o Botafogo esperou para o português chegar.

O Campeonato Brasileiro de 2022 talvez ainda não mostre o total potencial do "novo Botafogo", que não deve brigar pelo título - e quiçá nem por uma vaga na Taça Libertadores. Contudo, também não deve aquele Botafogo que vai fazer contas e torcer contra rivais para se livrar da zona de rebaixamento nas últimas rodadas do Brasileirão.

É algo que está se formando e a primeira demonstração do que John Textor pretende fazer. Se vai cumprir com o diz ou não, saberemos agora. A questão é que ele vem de uma Premier League - também tem ações no Crystal Palace -, onde os clubes têm projetos de médio/longo prazo de forma comum. É aguardar o que esse Botafogo pode proporcionar.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários