Tite diz que briga na Seleção é no meio e no ataque, e explica convocação de Philippe Coutinho
Lance!
Tite diz que briga na Seleção é no meio e no ataque, e explica convocação de Philippe Coutinho


A poucos meses da Copa do Mundo de 2022 , o técnico Tite afirmou que o elenco da Seleção Brasileira está quase fechado para o Mundial do Qatar, mas que ainda existem vagas abertas, especialmente no ataque e no meio-campo. Em entrevista à "ESPN", o treinador, que está na Inglaterra, falou sobre o tema.


- Sim. Sendo direto, sim (briga no meio e no ataque). Porque a versatilidade, a possibilidade de utilização de um jogador com duas ou três funções passa a ser importante na medida em que a gente tem consolidada uma estrutura defensiva, do meio para trás, um pouco mais definida - disse Tite, que completou:

- Esses novos atletas que estão surgindo, se afirmando, são do meio para frente. Essas oportunidades com características diferentes, inclusive para estrategicamente como o jogo possa se apresentar, ela tem sentido, sim.

+ Veja a tabela e os jogos da Copa do Mundo de 2022

A entrevista completa do treinador irá ao ar nesta quinta-feira, no programa "SportsCenter".

Questionado sobre a volta de Philippe Coutinho à Seleção Brasileira, Tite explicou o motivo de chamar o meia-atacante de volta, e lembrou que o atleta "tem um passado" com a Amarelinha.

- O técnico tem a possibilidade de olhar o atleta, ser justo nas suas necessidades, inclusive das funções que ele exerce. Se tu ver a função do Couto, a função que o Neymar vem fazendo agora, a função do Paquetá, a função do Everton Ribeiro, tu tem um número menor de atletas para executar essa função - afirmou o treinador.

+ Redação do LANCE! opina sobre quem é o sucessor ideal para Tite na Seleção Brasileira: confira!

- Diferentemente do que está acontecendo com Antony, Raphinha, Vinicius Jr., Martinelli, que são jogadores, são gerações que vão surgindo numa e na outra função. O técnico não ajuda, até porque o Couto tem um passado na seleção brasileira e tem um histórico como atleta de alto nível. Está buscando uma retomada - completou.

- Fora que eu tenho na comissão técnica um 10 [Juninho], e um 10 tem um peso muito grande para falar a esse respeito e ele sabe o quanto é importante essa busca e essa retomada em alto nível, que agora se confirmou, do Couto. Mas não é só para ele não. Ela tem um cuio para todos esses atletas de alto nível, no caso dele também - finalizou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários