Viciado em decidir! Cano aparece de novo e é decisivo para vantagem do Fluminense na final do Carioca
Luiza Sá
Viciado em decidir! Cano aparece de novo e é decisivo para vantagem do Fluminense na final do Carioca


O Fluminense teve diversas caras novas para o primeiro jogo da final do Campeonato Carioca, mas foi um dos rostos "velhos" que decidiu a vitória por 2 a 0 contra o Flamengo. Pode-se falar de Fábio, de Paulo Henrique Ganso ou até de Felipe Melo, mas o nome da partida foi novamente o atacante Germán Cano. Herói na semifinal com o Botafogo, o argentino novamente "fez o L" e deu uma belíssima vantagem para o Tricolor na decisão do Estadual.

Com dificuldades na criação desde o início da partida (passou a primeira etapa toda sem finalizar), o Flu deixou seu centroavante isolado a maior parte do tempo. Apesar do esforço constante e de tentar se movimentar pelo meio, nos lados e até no setor defensivo, o camisa 14 seguia aguardando uma oportunidade para brilhar. E como todo bom jogador de sua posição, ele precisou ser servido apenas duas vezes para decidir.



Com média de um gol a cada 136 minutos, Cano chegou a nove bolas na rede em 17 jogos com a camisa do Fluminense. No primeiro lance, Léo Pereira perdeu a bola sozinho e Arias avançou para encontrar o argentino. No segundo, novamente o zagueiro do Flamengo foi mal, Calegari recebeu na direita e achou o dono do ataque tricolor para marcar novamente dois minutos depois de abrir o placar.

Em números totais ao longo dos 90 minutos, Cano deu exatamente dois chutes ao gol, quando foi bem sucedido, além de um para fora. Ele teve 76% de precisão nos passes e ganhou apenas um dos cinco duelos tentados. Cometeu uma falta, perdeu a posse sete vezes e esteve uma vez impedido, em lance bastante polêmico da arbitragem. Neste momento, ainda no primeiro tempo, ele ia dando a assistência para Willian abrir a contagem, mas a bandeira foi levantada antes da conclusão da jogada.

Dos seis clássicos que jogou, Germán Cano foi decisivo em três deles. Peça fundamental desse Fluminense, ele terá nova chance de brilhar no próximo sábado, às 18h, quando o Flu reencontra o Flamengo para a partida de volta no Maracanã.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários