Paulo Pezzolano consegue efeito suspensivo e vai comandar o Cruzeiro na final contra o Atlético-MG
Valinor Conteúdo
Paulo Pezzolano consegue efeito suspensivo e vai comandar o Cruzeiro na final contra o Atlético-MG


O Cruzeiro conseguiu um efeito suspensivo para que o Paulo Pezzolano comande o time no banco de reservas na decisão do Campeonato Mineiro, contra o Atlético-MG, neste sábado, 2 de abril, a partir das 16h30, no Mineirão.


Pezzolano,foi julgado na pelo TJD-MG, pelos incidentes no jogo contra o Atlético-MG, no dia 6 de março Ele foi condenado a quatro jogos de gancho e, quase ficou de fora do duelo da Raposa contra o Atlético-MG.

O uruguaio foi denunciado no Artigo 243-F, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que fala em “ofender alguém em sua honra, por fato relacionado diretamente ao desporto”. A punição varia de multa de R$ 100 a R$ 100 mil, até a suspensão de um a seis jogos.


Pezzolano teria chamado o árbitro do jogo, Igor Junio Benevenuto, de 'ladrão", mesmo estando suspenso, por uma expulsão no jogo contra o Villa Nova.

- Árbitro ladrão, vocês são todos ladrões, olha o que vocês fizeram, quero falar com o árbitro, esse ladrão!

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários