Campeonato Brasileiro de Canoa Havaiana será disputado a partir deste sábado com 400 atletas em Niterói (RJ)
Lance!
Campeonato Brasileiro de Canoa Havaiana será disputado a partir deste sábado com 400 atletas em Niterói (RJ)


Será disputado, neste final de semana, sábado, dia 2, e domingo, 3, o Campeonato Brasileiro de Sprint de Canoa Havaiana, na praia de São Francisco, em Niterói (RJ). O evento conta com a parceria da Secretaria de Esportes e Lazer da Prefeitura Municipal.

Ao todo 400 atletas de quatro estados se inscreveram no evento. Serão equipes do Rio de Janeiro, Distrito Federal, Espírito Santo e São Paulo e atletas de todo o Brasil que irão brigar pelas conquistas nas categorias 250m, 500m, 1.000m e 1.500m desde o juvenil passando por categorias de idades, paratletas e a principal que é a Open. Serão disputadas competições de OC6 (seis atletas) e V1 (individual). As provas começam às 6h de sábado nas fases eliminatórias e no domingo serão disputadas as finais a partir do mesmo horário.

As equipes vencedoras estarão classificadas para o Mundial que será realizado em Londres, no mês de agosto.

O Rio de Janeiro virá bem representado pela equipe MPS, de Charitas, Niterói (RJ), campeã geral estadual, e de Cabo Frio com o Hee Nalu, bicampeões brasileiros, o Mana Brasil, também de Cabo Frio, o Kahu Paddle Club, da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, além da equipe de Brasília, o Canamama.

"Depois do sucesso do Campeonato Estadual, o Brasileiro promete. Niterói, que atualmente é considerada a cidade dos esportes no Brasil, principalmente nas modalidades aquáticas, vem se destacando, e a canoa polinésia é um exemplo. Antes do início da pandemia, a Secretaria apoiava 7 eventos de canoa por ano, em 2022 com retorno gradativo das atividades o número pode ultrapassar 10 campeonatos. A visibilidade nacional acontece naturalmente por Niterói possuir uma orla privilegiada que permite a definição de raias adequadas, cenário perfeito para realização de eventos desse porte que impulsionam o turismo e alavancam a economia da cidade" disse Luiz Carlos Gallo, secretário de esportes e lazer de Niterói.

Projeto social de Niterói coloca jovens atletas na disputa do Brasileiro

A categoria juvenil vai receber alunos do projeto social Kamuha Juruju Va´A, sediado na praia de Jurujuba, em Niterói, coordenado pelo capitão amador Douglas Moura. Os meninos Leandro e Kauã foram campeões estaduais nas categorias Sub 19 e Sub 16 e vão lutar pelo título nacional: "Temos várias histórias legais. O Leandro, morador do Morro do Estado, começou conosco no projeto Va´A nas escolas com 14 e 15 anos e hoje já é monitor em outra escola de canoagem . Giovanni é outro exemplo, trabalha na frente em Jurujuba, vende madeira para construção de barco , ele veio me perguntar sobre canoa havaiana, o convidei para remar, ele perguntou quanto era, falei que nada, e daí começou o projeto. Ele trouxe dois sobrinhos, um que é uma promessa, o Kauã , que disputa a categoria sub 16. Criamos uma rede de contatos e o Giovanni ajudou tanto que hoje virou monitor do projeto quando não estou em Niterói. Nosso trabalho é dar educação, formar os meninos e dar oportunidade no mercado de trabalho e nas universidades , além de fomentar o esporte", disse Douglas.

O campeonato teve o apoio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer de Niterói, chancelado pela Federação Estadual de Canoa Havaiana do Estado do Rio de Janeiro (FCHERJ) e pela Confederação Brasileira de Va´a (CBVaa).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários