Primeiro Festival de Confraternização do programa Loterias Caixa Mais Lutas é um sucesso
Lance!
Primeiro Festival de Confraternização do programa Loterias Caixa Mais Lutas é um sucesso


O programa "Loterias Caixa Mais Lutas”, projeto social da Associação Latina de Desenvolvimento Esportivo, Cultural e Ambiental (ALDEeA) com patrocínio das Loterias Caixa, realizou no último final de semana o seu primeiro Festival de Confraternização. O evento aconteceu simultaneamente nos três núcleos atualmente atendidos pelo programa. No total, mais de 500 crianças participaram do Festival.

Em Manaus, cerca de 150 crianças entraram no tatame montado na Associação Parque Goiabinha. Além das lutas festivas, o evento contou com serviços de entretenimento (equipe de recreação e infláveis), serviços de alimentação (buffet infantil), serviço de conservação e limpeza, serviços de fotografia e filmagem, equipe de socorristas e equipe de apoio dos alunos do Curso de Educação Física da UNINORTE.

“O evento foi um sucesso! O festival trouxe diversão e entretenimento aos beneficiários do Projeto Loterias Caixa Mais Lutas. Logo na abertura do evento contamos com a participação do representante local das Loterias Caixa que esteve representada na pessoa do senhor Eduardo Damasceno Pereira, que por sua vez proferiu palavras de incentivo, demonstrando a preocupação e interesse das Loterias Caixa com o papel social e integrador através das ações que são desenvolvidas por esta instituição. O evento contou com grande participação de nossos beneficiários. Ficamos muito felizes com o resultado final”, disse Rômulo Sena, responsável pedagógico pelo núcleo Manaus.
Crianças do núcleo em Manaus exibindo suas medalhas personalizadas (Foto: divulgação)

Crianças do núcleo em Manaus exibindo suas medalhas personalizadas (Foto: divulgação)

Já no núcleo Rocinha, no Rio de Janeiro, cerca de 200 crianças estiveram presentes na confraternização ao longo do dia. O evento, que começou às 8h da manhã servindo café da manhã aos pequenos e encerrou suas atividades às 17h, contou com animação, brinquedos e serviu almoço e lanche para todos os participantes.

“Esse tipo de evento representa muito para a nossa comunidade. O nosso projeto já existe há 26 anos e agora com o apoio das Loterias Caixa tudo ficou mais fácil. Nós temos muito orgulho de fazer parte do programa. Temos mais de 280 beneficiários e essa parceria está agregando muito valor. Essa iniciativa auxilia muito na inclusão, sem contar a ajuda com o fornecimento de materiais como quimono e roupas para os alunos que não têm condições de comprar”, enalteceu Lenio Fortunato da Silva Filho, o “Montanha”, um dos responsáveis pelo núcleo Rocinha.
Crianças do núcleo em Manaus exibindo suas medalhas personalizadas (Foto: divulgação)

A vasta programação, que contou com lutas festivas, foi uma grande oportunidade de integração social entre as crianças do núcleo da Rocinha (Foto: divulgação)

Leia Também

No núcleo Tibau do Sul, no Rio Grande do Norte, foram ao todo 180 crianças em ação no tatame montado no Ginásio Municipal. O evento contou com um campeonato interno de Jiu-Jitsu e Luta Olímpica, duas modalidades contempladas pelo programa "Loterias Caixa Mais Lutas”, além de gincanas dentro e fora do tatame, infláveis e pula-pula, jogos de tabuleiro e equipe de recreação envolvendo pintura facial e aulas de musicalização. E, durante todo o festival, foram servidos sanduíches, frutas, picolé, algodão doce, pipoca, suco e água para a criançada. A organização garantiu também transporte de ida e volta para as crianças do projeto que moram em distritos vizinhos.

“O evento foi fantástico. Tivemos uma estrutura de qualidade para oferecer algo de primeira a todos que participaram. Fizemos em um local com um espaço ideal para executar todas as atividades desejadas para as crianças do projeto. O evento foi extremamente importante para as crianças do projeto e para o município em si. Pudemos nos aproximar mais das crianças e da atmosfera que estamos inseridos, conseguindo entender ainda mais as necessidades pessoais de cada um. Para os alunos isso tem uma representatividade e importância maior do que podemos calcular. Essa atenção e o carinho que eles recebem, trazem mudanças positivas dentro do ambiente, sendo tudo isso inevitavelmente percebido pelos pais, professores e todos os cidadãos inseridos dentro do município”, disse Guilherme Martins, um dos responsáveis pelo núcleo Tibau do Sul.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários