Maicon projeta estreia do Santos na Sul-Americana e elogia parceiros de zaga
LANCE!/DIARIO DO PEIXE
Maicon projeta estreia do Santos na Sul-Americana e elogia parceiros de zaga


O zagueiro Maicon projetou a estreia do Santos na Copa Sul-Americana em sua coletiva de apresentação, nesta terça-feira. A equipe de Fabián Bustos enfrenta o Banfield, na Argentina, na próxima terça-feira (5) pela primeira rodada da competição.

- A gente vai procurar fazer nosso jogo como a gente sempre tenta fazer. A gente vai procurar ser uma equipe bem compacta, bem ofensiva. A gente teve tempo de treinar algumas partes dos setores defensivos e ofensivos. Vamos tentar impor nosso jogo, a gente tem uma equipe de muita qualidade. Apesar da eliminação precoce do Campeonato Paulista, o elenco tem qualidade e chegou jogadores novos, eu cheguei. Acredito que aqueles que têm chegado pode acrescentar bastante. O Sánchez também vem de lesão e pode acrescentar, um jogador experiente que já fez muito pelo Santos. Acredito que a gente pode começar a competição muito bem, muito agressivos e impondo nosso ritmo de jogo. Sabemos que vamos pegar um adversário muito difícil fora de casa no nosso primeiro jogo - projetou o defensor.

Maicon não estreou pelo Santos ainda pois foi regularizado após o prazo de inscrições do Paulistão. Na Sul-Americana poderá fazer seu primeiro jogo com a camisa santista. Ele comentou sobre a disputa saudável e o diálogo com os parceiros de zaga.

- Sempre procuro estar orientando meus companheiros de defesa. O Kaiky é um jogador com muita qualidade, tem um futuro muito promissor pela frente. Qualquer jogador de futebol, qualquer ser humano tem altos e baixos, é normal da carreira. Nem sempre você vai poder exercer sua função 100% positivo, mas o que não pode nos faltar é vontade. A partir do momento que você vontade e ambição para que as coisas voltem à normalidade que é jogar um bom futebol, eu acredito que o Kaiky tem muitas qualidades assim como o Luiz Felipe, Velázquez e Robson. Todos os defensores do Santos tem muita qualidade para exercer essa função. Claro que o diálogo é muito importante no centro defensivo então a gente vê que tem jogadores de qualidade, mas que em certos momentos falta u pouco mais de diálogo para que a gente consiga exercer melhor a nossa função - comentou Maicon.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários