Em reunião para selar a paz entre organizadas, membro de torcida do Cruzeiro é preso pela polícia
Valinor Conteúdo
Em reunião para selar a paz entre organizadas, membro de torcida do Cruzeiro é preso pela polícia


Um fato inusitado aconteceu na na tarde da última terça-feira, 29 de março, durante uma reunião entre líderes de torcidas organizadas de Atlético-MG e Cruzeiro com Polícia Militar.

O que era para ser um encontro para promover a paz antes do clássico das duas equipes, que decidem o Campeonato Mineiro, neste sábado, 2 de abril, teve um flagrante e a prisão de um membro da Máfia Azul foi preso.

O homem, que não teve sua identidade revelada, esteve na sede do Batalhão de Choque, no bairro Gameleira, região Oeste de Belo Horizonte, para a reunião com os policiais. E quando foi identificado, foi constatado que o rapaz tinha um mandado de prisão em aberto.

Com esse fato, ele foi detido, mas seu crime, pelo qual responde processo, não foi revelado. A reuniao da PM com as organizadas, que estão banidas do Mineirão, foi para tentar evitar novos confrontos, como os que aconteceram no clássico do dia 6 de março, quando um torcedor foi morto em uma briga entre cruzeirense e atleticanos.

Nesta quarta-feira, 30 de março, vai acontecer uma reunião na sede da Federação Mineira de Futebol (FMF) entre os órgãos de segurança pública para definir os detalhes da operação.


Atlético-MG e Cruzeiro decidem o Estadual no próximo sábado, às 16h (de Brasília), com o Mineirão dividido entre as duas torcidas. Em caso de empate, o campeão será decidido nos pênaltis.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários