De bicicleta, Suárez passa Messi e se isola como maior artilheiro da história das Eliminatórias
André Garone
De bicicleta, Suárez passa Messi e se isola como maior artilheiro da história das Eliminatórias


Já classificado para a Copa do Mundo de 2022, o Uruguai foi até o Chile e venceu os donos da casa por 2 a 0, garantindo a 3ª colocação nas Eliminatórias. O experiente Luis Suárez foi, mais uma vez, um dos destaques do jogo. De bicicleta, o atacante abriu o placar, marcando o seu 8º gol na disputa. Apenas Marcelo Moreno, da Bolívia, com 10 tentos anotados, estufou as redes mais vezes no classificatório.

Atualmente com 35 anos de idade, Luisito pode ter disputado o seu último jogo de Eliminatória, se sagrando assim o maior artilheiro da história da competição. A pintura contra o Chile, nesta terça-feira, foi o seu 29º gol em 58 atuações, o que o fez deixar para trás Lionel Messi, seu ex-companheiro de Barcelona, que marcou 28 vezes em 61 partidas pela Argentina.

MAIORES ARTILHEIROS DA HISTÓRIA DAS ELIMINATÓRIAS
- Números do site OGol

1º - Suárez - Uruguai - 29 gols em 58 jogos
2º - Messi - Argentina - 28 gols em 61 jogos
3º - Marcelo Moreno - Bolívia - 22 gols em 58 jogos
4º - Alexis Sanchez - Chile - 19 gols em 56 jogos
Crespo - Argentina - 19 gols em 33 jogos
6º - Marcelo Salas - Chile - 18 gols em 32 jogos
7º - Zamorano - Chile - 17 gols em 24 jogos
Cavani - Uruguai - 17 gols em 46 jogos
9º - Joaquín Botero - Bolívia - 16 gols em 31 jogos
Arturo Vidal - Chile - 16 gols em 50 jogos
Delgado - Equador - 16 gols em 33 jogos

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários