Em noite de grandes nocautes, Priscila Vargas fatura cinturão no SFT Xtreme 6
TATAME
Em noite de grandes nocautes, Priscila Vargas fatura cinturão no SFT Xtreme 6


Realizado no último sábado (26), o SFT Xtreme 6 reuniu grandes nocautes e consagrou Priscila Vargas como nova campeã peso-mosca da organização. Na luta principal, Priscila derrotou Aline Sattelmayer por decisão unânime dos jurados. A modalidade Xtreme, vale citar, consiste em promover duelos de trocação em um octógono e com luvas de MMA (4 ao invés de 10 onças), sem clinch ou jogo de chão.

Ao todo, o card do SFT Xtreme 6 contou com 12 combates, além de duas “pillow fights” (lutas de travesseiro) e transmissão dos confrontos principais na TV aberta – pela Band – para todo o Brasil. No co-main event, com uma atuação impecável, Adriano Alves despachou Vinicius Dionizio no primeiro round e levou o prêmio de “melhor performance”.

Outros cinco nocautes também agitaram a noite, com destaque para o peso-pena Arnaldo Moska, que venceu Robinson Cavalinho ainda no assalto inicial após acertar um lindo cruzado de direita. O triunfo rendeu ao lutador carioca o prêmio de “melhor nocaute” da edição. Já o bônus de "melhor luta" foi para o embate entre Raphael Dengue e Marcos Alves.

- Esse foi o nosso segundo evento com o retorno do público e, mesmo reduzido, ter a galera vibrando dá outra energia. Com certeza elevou a qualidade dos combates, e por isso não foi fácil escolher a melhor luta da noite. O SFT Xtreme 6 ainda marcou uma das coisas que eu mais gosto nos shows, que é a câmera do beijo, com prêmio em dinheiro para o casal que der o melhor beijo - afirmou David Hudson, presidente da organização.

Priscila Vargas conquista cinturão

A luta principal do SFT Xtreme 6 começou estudada, mas logo Priscila Vargas tomou a iniciativa e foi pra dentro, enquanto Aline Sattelmayer respondia com perigo nos contragolpes. No início do segundo assalto, uma blitz de Priscila assustou a oponente, que resistiu e retornou ao centro do cage.

Fazendo valer da sua maior envergadura, Priscila seguiu em cima no terceiro e quarto rounds e, com um vasto repertório de golpes, castigou Sattelmayer, que bravamente levou a disputa de título para o quinto e último assalto.

Precisando do nocaute para vencer, Aline Sattelmayer partiu pra cima, mas não foi capaz de definir o duelo. No fim, Priscila Vargas, merecidamente, ficou com a vitória por decisão unânime dos jurados e o cinturão peso-mosca do SFT Xtreme. De quebra, a lutadora paranaense chegou à três triunfos seguidos na organização.

Nocautes agitam o SFT Xtreme 6

No co-main event, pela divisão dos meio-médios, Adriano Alves precisou de apenas um round para despachar Vinicius Dionizio com uma combinação brutal e estrear com o pé direito no SFT. Natural de Bom Jardim, no Rio de Janeiro, Adriano chega para fazer barulho na categoria.

Ainda pelo card principal do SFT Xtreme 6, Raquel Bocalão e Raphael Dengue derrotaram Nina Thai e Marcos Alves, respectivamente, por decisão dos jurados, enquanto Arnaldo Moska aplicou o nocaute mais bonito da noite ao acertar um cruzado de direita em Robinson Cavalinho.

No card preliminar, mais quatro nocautes abriram com estilo o evento. Um deles, de André Mascote sobre Yuri Piranha, representou o 36º triunfo do atleta como profissional. Além dele, Carlos Satiro, Igor Dias e Júlio Clecio também venceram pela via rápida.

RESULTADOS COMPLETOS:

SFT Xtreme 6
Sábado, 26 de março de 2022

Card principal

Priscila Vargas derrotou Aline Sattelmayer por decisão unânime dos jurados (cinturão Xtreme)
Adriano Alves derrotou Vinicius Dionizio por nocaute no 1R (Xtreme)
Raquel Bocalão derrotou Nina Thai por decisão unânime dos jurados (Xtreme)
Raphael Dengue derrotou Marcos Alves por decisão majoritária dos jurados (Xtreme)
Arnaldo Moska derrotou Robinson Cavalinho por nocaute no 1R (Xtreme)

Card preliminar
André Mascote derrotou Yuri Piranha por nocaute no 1R (Xtreme)
Carlos Satiro derrotou Mayky Dilan por nocaute técnico no 1R (Xtreme)
Alisson Jonas derrotou Wesley Maguila por decisão dividida dos jurados (Xtreme)
Igor Dias derrotou Mauricio Costa por nocaute técnico no 2R (Xtreme)
Júlio Clecio derrotou Matheus Costa por nocaute no 2R (Xtreme)
Eduardo Moicano derrotou Reinaldo Dias por decisão dividida dos jurados (Kickboxing)
Rafael Silva derrotou Igor Gomes por decisão unânime dos jurados (Muay Thai)

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários