Cobranças do pai, terapia e conselhos de David Luiz: Fabrício Bruno explica fatores para bom início no Flamengo
Lazlo Dalfovo e Matheus Dantas
Cobranças do pai, terapia e conselhos de David Luiz: Fabrício Bruno explica fatores para bom início no Flamengo


Titular desde que chegou ao Flamengo , Fabrício Bruno tem feito jus ao investimento de R$ 15 milhões, que o torna, até o momento, a contratação mais cara do clube na temporada. O zagueiro tem tido ótimos números e, além de falar ao LANCE! sobre a possibilidade e relevância de fazer parte de um inédito Tetra no Carioca , revelou os conselhos e cornetas que recebe de seu pai, Joaquim, que é torcedor do clube da Gávea. E explicou outros fatores que o impulsionam dentro de campo (veja acima a entrevista na íntegra).

Fabrício Bruno falou ao L! (Foto: Mariana Sá / LANCEPRESS!)



- Meu pai é um cara que, assim, pelos momentos bons que passei na carreira, não é aquele pai que sempre está falando bem para eu não entrar na zona de conforto. Até cobra mais do que elogia, mas falamos frequentemente. Quando eu acho que estou bem, fiz um excelente jogo, tem algo a ser melhorado. É algo que ele cobra. Tem uma fala dele que levo comigo que é: "Filho, nunca se ache o melhor, mas procure estar entre os melhores" - disse o camisa 15, emendando:

- É assim. Falei com ele ontem (domingo), ele está querendo vir ao Rio assistir aos dois jogos. Agora, aqui, está mais perto de onde moramos, em Belo Horizonte, do que Bragança (Paulista). Se der tudo certo, Deus abençoar e fizermos nossa parte dentro de campo, posso dedicar esse título ao meu pai. Fabrício Bruno - Flamengo

Contrato de Fabrício Bruno é até dezembro de 2025 (Foto: Marcelo Cortes / Flamengo)

Fabrício Bruno tem oito jogos pelo Flamengo e pode chegar ao décimo dando uma volta olímpica pela primeira vez com a camisa rubro-negra. A sua boa adaptação passa por um importante aspecto destacado pelo próprio defensor: os ensinamentos recebidos de sua terapeuta particular.

- Eu faço um trabalho fora, com uma psicóloga, que sempre tive. Terapia mental é sempre bom. Comecei a fazer no meu melhor momento no Red Bull, no final de 2020, e, uns dias atrás, estava conversando com ela. Falei que ainda estava em um processo de adaptação, conhecendo os companheiros aos poucos, porque, querendo ou não, quando você chega em um clube diferente, que está em outro patamar, leva um tempo para se adaptar, conhecer a todos, como cada um gosta de jogar, receber a bola. E o que ele me disse é que, geralmente, a adaptação vai de três a seis meses - comentou.

A IMPORTÂNCIA DE DAVID LUIZ

Leia Também

Flamengo Fabricio Bruno e David Luiz

David Luiz tem sido uma espécie de tutor de Fabrício Bruno no Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

> GALERIA: Ayrton Lucas será o próximo? Fla soma 24 reforços na Era Landim

Quando o assunto ainda era o seu início de trajetória de destaque no Fla, Fabrício Bruno fez questão de apontar David Luiz como um "parceiro no dia a dia" que o auxilia no consistente rendimento:

- É um período que você vai conhecendo, amadurecendo, principalmente com o Mister, que tem uma metodologia de trabalho que vou vendo diariamente. Cheguei e fui super bem recebido. O David Luiz é um cara que gosto bastante, é um parceiro no dia a dia. Então, tudo isso, tem ajudado para acelerar esse processo de adaptação. Muitas vezes, ao chegar em um clube, você tem um medo maior de errar, executar uma ação que você estava acostumado, mas ele fala: "Se solta, faz, não fique preso. Estou aqui para te dar confiança, segurança". Isso ajuda.

E O FILIPE LUÍS?

Na linha de três zagueiros, Fabrício Bruno tem atuado ao lado de outro jogador experiente a nível internacional e multicampeão no futebol: Filipe Luís. Como se esperava, o camisa 16 também foi enaltecido no quesito liderança:

- O Filipe é um cara que dispensa comentários, tanto como pessoa como sobre a qualidade técnica. Quando vou para casa, costumo ver o jogo e analisar o que acertei, o que posso melhorar, e ele é um cara que eu tenho bastante admiração pelo jeito de jogar no estilo que o Mister gosta, com os zagueiros pelo lado atacando muito a linha adversária. É um cara extremamente calmo, tranquilo e que incentiva, cobra quando precisa cobrar e elogia também. Isso eleva o moral, a confiança.

Em tempo: o primeiro jogo da final do Carioca entre Flamengo e Fluminense será realizado às 21h40 desta quarta-feira, no Maracanã. O L! transmitirá o clássico em Tempo Real.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários