Brusque tenta o bicampeonato do Catarinense depois de 30 anos
Futebol Latino
Brusque tenta o bicampeonato do Catarinense depois de 30 anos


O Brusque garantiu no último domingo (27) a sua vaga na final do Campeonato Catarinense depois de vencer o Concórdia novamente por 1 a 0. O time do técnico Waguinho Dias alcançou 12 jogos de invencibilidade na competição, sendo nove vitórias e três empates. Em 15 partidas no campeonato, o Quadricolor perdeu apenas um confronto.

Depois de ser vice para a Chapecoense em 2020, o Brusque tem a chance de busca o segundo título catarinense após 30 anos. A equipe levantou a taça da primeira divisão pela primeira (e única vez) em 1992.

>Receba as principais notícias do esporte com o novo canal do LANCE!

O técnico Waguinho Dias elogiou a atuação dos seus comandados no segundo jogo da semifinal contra o Camboriú diante dos seus torcedores, no Estádio Augusto Bauer. O Brusque tinha a vantagem de até perder pelo mesmo placar do jogo de ida (venceu por 1 a 0), que avançaria, já que fez a melhor campanha da primeira fase. Mas, de acordo com o técnico, isso também era uma pressão maior ao seu time:

- Fizemos uma das melhores partidas do campeonato. Queríamos dar essa vitória aos nossos torcedores, que lotaram o estádio. Tínhamos uma responsabilidade, e poderíamos até perder. Há 30 anos o Brusque não chega há uma final com grandes possibilidades. Tinha aquele receio de perder essa oportunidade em casa e com grandes possibilidades, tendo a vantagem. Tirou um peso muito grande estar na final - ressaltou o treinador.

O primeiro jogo está marcado para a próxima quarta-feira (30), no Estádio Eduardo Zeferino Tiago, às 20h30 (de Brasília). Duelo esse que Waguinho projeta considerável grau de dificuldade:

- A nossa equipe está muito madura, mas são dois jogos muito distintos. Temos que estar preparados, descansados, para enfrentar uma grande equipe do outro lado. As equipes quando chegam numa final é porque são as melhores da competição. Eles fizeram por merecer, passaram por Marcílio Dias e Figueirense, em dois mata-matas muito difíceis É uma das equipes que menos tomou gol na competição, o sistema defensivo deles é ótimo, é uma equipe muito forte, de entrega, marcação, então serão dois confrontos bem complicado.

O jogo decisivo ocorre no sábado (2), às 16h30 (de Brasília), no Estádio Augusto Bauer. Por ter sido o melhor time da primeira fase, o Brusque joga por até dois empates para ficar com a taça.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários