Abel rasga elogios a Ceni antes de final: 'Do outro lado do mundo eu já ouvia sobre o goleiro que fazia gols'
Rafael Ribeiro
Abel rasga elogios a Ceni antes de final: 'Do outro lado do mundo eu já ouvia sobre o goleiro que fazia gols'


Para quem esperava um clima de rivalidade acirrada, Abel Ferreira e Rogério Ceni mantiveram um clima não só ameno, mas de imenso respeito mútuo em coletiva de imprensa realizada na sede da Federação Paulista de Futebol para promover a final do Campeonato Paulista entre São Paulo e Palmeiras , que começa nesta quarta-feira (30), às 21h40 (de Brasília), no Morumbi.


Pelo lado palmeirense, Abel disse que sempre conheceu Rogério e sua fama de goleiro artilheiro dos tempos que vestia a camisa 1 tricolor. Por isso se sente honrado de poder enfrentá-lo nessa nova etapa profissional.

- Já joguei algumas vezes contra o Rogério, ouvia do outro lado do mundo que era o goleiro que mais fazia gols no mundo. Nunca na minha vida sonhava atravessar o Atlântico e jogar contra ele como treinador. É um prazer muito grande. Ele não me conhecia, eu já estava farto de saber quem ele era.

Pelo outro lado, Ceni destacou que a solidez é a principal arma do rival alviverde e pontuou as qualidades que enxerga no rival, ainda favorito na competição.

- Ele tem um esquema definido. A partir do momento em que ganha a Libertadores, o treinador ganha força, e o clube confia bastante, dá liberdade para ele trabalhar. A partir dali, o Palmeiras começa a ter variações: diversas peças, modelos, para que possa se adequar ao adversário, com time mais defensivo, mais alto. Esse primeiro título deixa o Abel mais à vontade, deixa o Abel mais tranquilo.

O português ainda reforçou que achou justa a final ser decidida entre seu time e o Tricolor, segundo ele 'as duas melhores' do Paulistão.

- Falando do adversário, vocês têm uma amostra do que foi o jogo lá (no Morumbi, vitória alviverde por 1 a 0 na primeira fase). Começou equilibrado e abrimos o marcador. Nosso adversário nos empurrou para trás, muito bem organizado, uma equipe que joga com muita gente por dentro, com jogadores jovens e experientes. Fico acima de tudo muito contente, porque estão as duas melhores equipes na final, o que nem sempre acontece. Isso mostra o mérito e o trabalho dos dois treinadores, dois elencos e dois clubes.

Apesar de admitir que existe um favoritismo para o duelo, como chegou a ressaltar Ceni, Abel ressaltou que em final a coisa volta à estaca zero e por isso o Palmeiras precisa redobrar suas atenções.

- Não posso não concordar com o Rogério Ceni, a classificação diz isso. Agora estamos disputando uma final, e sabemos como são finais, tudo pode acontecer. Agora, na regularidade da competição, a melhor equipe foi o Palmeiras, isso é inquestionável. Agora, é 50/50. Tenho um elenco muito qualificado, o São Paulo também. Tem um grande treinador, que conhece muito bem todos os cantos do São Paulo.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Paulistão-2022 clicando aqui
> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários