Prazer, Erison! Atacante do Botafogo mostra credenciais e se despede como artilheiro do Carioca
Sergio Santana
Prazer, Erison! Atacante do Botafogo mostra credenciais e se despede como artilheiro do Carioca


Prazer, Erison Danilo de Souza. O 'El Toro', que já era um dos destaques do Botafogo na temporada, se apresentou, de fato, para o futebol brasileiro neste domingo. O camisa 89 foi o homem do Alvinegro na vitória sobre o Fluminense por 2 a 1 no Maracanã, fazendo os dois gols do Glorioso.

+ Torcedor 'maluco', Textor nos braços da torcida e pedidos por Zahavi: a chegada de Luís Castro ao Botafogo

Apesar da eliminação da equipe no Campeonato Carioca - o Fluminense tinha vantagem do empate no placar agregado -, Erison sai em alta do Estadual. Ele se despede como artilheiro da competição - são oito gols marcados, mesma quantidade de Gabi, do Flamengo, que ainda jogará a final.



Mas vale ressaltar que a partida não começou nada boa para o camisa 89. Erison errou praticamente todos os lances que tentou até os 30 minutos da etapa inicial, mas se redimiu. O lance do primeiro gol provou isso: ao receber passe longo de Chay, estava sozinho contra três marcadores do Fluminense: se livrou David Braz no corpo, deixou Luccas Claro no chão e finalizou.

A confiança do atacante cresceu a partida dessa bola na rede. A atuação no segundo tempo foi muito melhor e ele colocou a defesa do Tricolor 'no bolso'. Fato esse é que ele venceu mais da metade dos duelos individuais que teve no jogo - de acordo com dados do "SofaScore" - e foi o jogador que mais finalizou na partida.

São 12 jogos - cinco como titular - pelo Botafogo e oito gols, além de duas assistências. O começo de Erison, uma aposta do Alvinegro após ter se destacado no Brasil de Pelotas na última Série B, é acima da média.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários