Daniel Borges explica revolta do Botafogo: 'Foi passado pra nós que na falta do Kanu o jogo já tinha acabado'
Sergio Santana
Daniel Borges explica revolta do Botafogo: 'Foi passado pra nós que na falta do Kanu o jogo já tinha acabado'


A arbitragem foi uma das pautas do Botafogo após o jogo contra o Fluminense, no último domingo. Apesar da vitória por 2 a 1, o resultado não foi suficiente para levar o Alvinegro à final do Campeonato Carioca - o Tricolor tinha a vantagem da igualdade no placar agregado.

+ Prazer, Erison! Atacante do Botafogo mostra credenciais e se despede como artilheiro do Carioca

O lance em questão foi o que originou o gol do Fluminense. Daniel Borges explicou, após a partida, que Paulo Renato Moreira da Silva Coelho, árbitro da partida. De acordo com o lateral do Botafogo, o juiz tinha avisado que o jogo já tinha acabado antes da falta feita em Kanu em Fred.



– O que foi passado para nós foi que na falta do Kanu (que resultou no gol de Cano) o jogo já tinha acabado e ele deixou bater a falta. Ao meu ver a falta foi no Kanu. Depois na sequência a falta no Hugo mas ele disse que acabou o jogo. O critério tem que ser revisto, tem que ser justo para as duas equipes. Tem que ser claro - explicou Daniel.

O camisa 20, contudo, valorizou a partida feita pelo Glorioso no Maracanã. O defensor também viu evolução no Botafogo durante o Carioca e elogiou a entrada dos jovens jogadores do clube.

– Acho positivo da maneira que foi. Entramos no campeonato um pouco desacreditados. O elenco foi desfeito do ano passado para cá, subiu muita gente da base, mas isso deixou claro a força da base do Botafogo, os meninos agregaram muito. Infelizmente a gente não conseguiu a classificação, agora é virar a chave - analisou.

– Trabalhamos para nos classificar e reverter a situação. Tomar um gol da maneira que foi é triste, mas a gente tem que exaltar o trabalho que foi feito. Grupo jovem, tivemos bastante coisa para acertar durante a competição, bastante coisa para evoluir. Infelizmente não conseguimos chegar à final, agora é esfriar a cabeça e virar a chave - completou.

MAIS DECLARAÇÕES DE DANIEL BORGES:

Atuação
– No primeiro jogo nós tivemos grandes oportunidades para matar a partida. Lembro que entrei no vestiário e falei para o pessoal acreditar porque tínhamos feito um bom jogo, criado chances melhores que a deles. Nós conseguimos fazer o resultado, porém infelizmente tomamos um gol que foi suficiente para nos eliminar.

Tempo para treino é positivo?
​– É um trabalho que está sendo feito desde 3 de janeiro. Não podemos classificar isso (tempo de treino pela eliminação) como positivo porque nosso objetivo era ser campeão carioca. Nenhuma equipe entra numa competição para ser eliminado na semifinal.

Balanço do Carioca
​– A gente teve muita coisa para acertar durante os jogos. Fomos evoluindo, os meninos foram amadurecendo... O time foi bem bom, foi positivo demais esse Campeonato Carioca para o Botafogo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários