Árbitro relata 'circunstâncias hostis' e revela expulsão de Barreto, do Botafogo, em súmula
Lance!
Árbitro relata 'circunstâncias hostis' e revela expulsão de Barreto, do Botafogo, em súmula


A confusão envolvendo os jogadores do Botafogo após a vitória sobre o Fluminense não passou batida por Paulo Renato Moreira da Silva Coelho. O árbitro citou o acontecimento do Maracanã, em jogo válido pelo Campeonato Carioca, na súmula da partida, divulgada pela Ferj na manhã desta segunda-feira.

+ Prazer, Erison! Atacante do Botafogo mostra credenciais e se despede como artilheiro do Carioca

Os atletas do Alvinegro ficaram revoltados quando o árbitro acabou o jogo com uma falta na intermediária para o Glorioso. Uma das reclamações do elenco é que ele tinha prometido que o jogo acabaria antes mesmo do gol marcado por Germán Cano, minutos antes.



O árbitro relatou a invasão de jogadores reservas e membros da comissão técnica na súmula, além de ter registrado uma expulsão a Barreto, volante do Botafogo.

SÚMULA DO JOGO

"Após o término da partida os jogadores reservas e membros da comissão técnica da equipe do Botafogo F.R adentraram ao campo de jogo para reclamar das decisões da arbitragem sendo contidos pelo policiamento local."

"Expulsei com cartão vermelho direto após o término do jogo, o jogador de nº 05 da equipe do Botafogo F.R, Sr. Gustavo Bonatto Barreto, por após ter invadido o campo, ter puxado minha camisa de forma agressiva, ter segurado o assistente nº 02 pelo pescoço e ter dado uma ombrada no 4º árbitro. Ressalto que não foi possível apresentar o cartão no campo de jogo devido as circunstâncias hostis apresentadas."

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários