Germán Cano aparece na hora certa e vira herói da classificação do Fluminense sobre o Botafogo
Sergio Santana
Germán Cano aparece na hora certa e vira herói da classificação do Fluminense sobre o Botafogo


No lugar certo e na hora certa. Essa talvez seja a frase perfeita para definir Germán Cano. O argentino voltou a 'atacar' na tarde deste domingo: ele foi o herói da classificação do Fluminense à final do Campeonato Carioca . Apesar da derrota por 2 a 1 para o Botafogo, o Tricolor se garantiu na decisão porque tinha vantagem de resultados iguais no agregado.

Germán Cano ficou sumido em boa parte do jogo. Na verdade, ele levou a pior na maioria dos duelos individuais que teve com Philipe Sampaio, zagueiro recém-chegado no Botafogo. Pouco importa: na hora que tinha que decidir o argentino estava lá.



Tudo levava a crer em uma heroica classificação do Botafogo. Erison levava os holofotes, até que uma falta em Fred no meio-campo mudou tudo. A bola foi cruzada na área e, após confusão, Germán Cano apareceu para completar para o fundo das redes.

Os papéis se inverteram: o heroísmo foi para o lado tricolor e Germán Cano, outrora sumido, pegou todos os holofotes do palco do Maracanã para si. O camisa 14 provou que é decisivo e colocou o Fluminense na final do Campeonato Carioca.

O Fluminense retorna aos gramados já nesta quarta-feira para enfrentar o Flamengo pelo primeiro jogo da decisão, também no Maracanã.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários