Voltou para ficar! Oyama encara novos desafios em sua segunda passagem pelo Botafogo
Vinícius Faustini
Voltou para ficar! Oyama encara novos desafios em sua segunda passagem pelo Botafogo


Com sua contratação em definitiva confirmada na sexta-feira passada (25 ) , Luís Oyama chegará ao Botafogo lidando com uma sucessão de desafios. O volante passará pelo "batismo" de um Brasileirão: pela primeira vez disputará a Série A.


Esta reestreia pelo Alvinegro ainda renderá uma responsabilidade para o jogador de 25 anos. O legado deixado por Oyama em sua primeira passagem foi da força nos desarmes e dos passes decisivos, tão cruciais na caminhada até o título da Série B de 2021. Uma Série A exigirá ainda mais força para seu futebol.

Além disto, Contudo, ele estará em uma equipe calculadamente reformulada desde a migração para a SAF. E naturalmente haverá concorrência no seu setor. O jovem Patrick de Paula (apresentado na última sexta-feira), bicampeão da Copa Libertadores pelo Palmeiras, travará uma boa disputa. Porém, Oyama tem trunfos.

A identificação com os botafoguenses (que fez a torcida pedir seu retorno) pesou, mas o rendimento de Oyama no Mirassol continuou em alta e pode ser fundamental nesta chegada em definitivo ao Alvinegro.

- Ele já tinha ido bem nas passagens anteriores no Mirassol. Mas neste retorno, jogou muito bem. Disputou praticamente todas as partidas como titular. Liderou desarmes, participou ativamente de vários gols. À exceção de fazer gols, de resto ele fez tudo na campanha da equipe no Paulista - disse Gustavo Villa, repórter da TS Rádio de Mirassol.

Oyama vem de bom desempenho no Mirassol (Divulgação/Botafogo)


Durante a trajetória no Mirassol nos primeiros meses de 2022, Oyama continuou a mostrar sua abnegação em campo.

- Corre o tempo todo, termina o jogo exausto, mas não desiste de nenhuma jogada e tem um toque de classe - disse o repórter.

Outro desafio de Oyama é em relação a se impor aos olhos do novo treinador. Em seus trabalhos anteriores, Luís Castro evidenciou que o volante é o farol da equipe e o meio de campo é fundamental .

Ao voltar para ficar no Nilton Santos, o volante tem a esperada chance de se impor em um clube de Série A. Agora, a busca é por fazer o Botafogo deslanchar neste novo momento tanto para o clube quanto para Oyama.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários