Ginasta de 11 anos da Ucrânia morre após ter casa atingida por míssil da Rússia
Lance!
Ginasta de 11 anos da Ucrânia morre após ter casa atingida por míssil da Rússia


A jovem ginasta Kateryna Diachenko, de 11 anos, é mais uma morte no esporte confirmada durante a guerra na Ucrânia . Segundo o site 'Mirror', a atleta mirim teve a casa atingida por um míssil russo na região de Mariupol, uma das mais afetadas pelos conflitos.

A morte foi lamentada pela treinadora da jovem, Anastasia Meshchanenkova, que afirmou que a jovem praticava ginástica rítmica.

- Ela deveria conquistar o mundo, mas morreu enterrada nos escombros - lamentou.

- Pode haver alguma justificativa para isso? Olha essa garota talentosa. Ela deveria dar seus sorrisos para o mundo. Do que as crianças são culpadas? Acredito que há um espaço no inferno para todos os envolvidos – e o mais rápido possível - completou.

Ginasta ucraniana morre na guerra

Kateryna Diachenko, de 11 anos, com a treinadora (Foto: Reprodução)

A GUERRA
Desde 2014, a região de Donetsk se declarou independente da Ucrânia e por conta dos conflitos geopolíticos, o Shakhtar teve que deixar a cidade de origem e atuar em Kiev. O mesmo acontece com a região de Luhansk. Vladimir Putin, presidente da Rússia, reconheceu a independência das duas províncias.

No fim de fevereiro, a Rússia decidiu invadir militarmente a Ucrânia com o argumento de que está atuando em defesa das reivindicações territoriais. No entanto, há pouco esclarecimento se a nação de Putin busca apenas garantir a soberania de Donetsk e Luhansk ou se planeja se expandir territorialmente.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários