Thiago Silva é o capitão da seleção brasileira
Lucas Figueiredo / CBF 26.03.2022
Thiago Silva é o capitão da seleção brasileira

O encerramento da atual edição das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo pode marcar também o fim do modelo de disputa em vigor para a classificação ao Mundial. Com a mudança de formato do torneio da Fifa a partir de 2026, que passará a contar com 48 seleções e não mais 32, discute-se nos bastidores uma reformulação no sistema.


De acordo com informações do "ge", capitães das seleções sul-americanas têm um grupo no aplicativo de conversas "WhatsApp" para discutir o fim das Eliminatórias com 18 rodadas, além de terem se reunido em uma conferência virtual. Conmebol e Fifa também estão em conversas para promover a mudança.

O zagueiro Thiago Silva, que foi homenageado na Calçada da Fama do Maracanã na última sexta-feira, falou sobre o tema e admitiu que ainda não tem informações sobre uma reformulação, apesar de ter garantido ser a favor da mudança. O atleta do Chelsea representa o  Brasil no grupo e esteve presente na reunião virtual no fim do ano passado.

"Não são os 18 jogos, mas as viagens que fazemos. É uma quilometragem muito grande em relação aos europeus que jogam próximos entre si. Isso é um desgaste muito grande. Além do clima, totalmente diferente do que estamos acostumados na Europa", disse Thiago.

"Eu e os companheiros, passamos um sufoco muito grande. Treinamos em Teresópolis, mais frio que o Rio de Janeiro. Isso pode prejudicar a performance. Se a gente pudesse encontrar, de alguma forma, um equilíbrio nessas viagens, com certeza facilitaria a nossa estadia e as nossas performances. Com certeza é um desgaste, ao meu modo de ver, desnecessário", completou. 

O grupo entre os capitães foi criado no meio de 2021, em meio à discussão de boicote à Copa América do ano passado. À época, a Conmebol foi criticada pela desorganização do torneio, que seria disputado na Colômbia e Argentina, mas que foi cancelado nos países por conta do avanço da Covid-19. O Brasil acabou sediando a competição, que foi vencida pela seleção argentina.

Além de Thiago Silva, o grupo conta ainda com nomes importantes como Lionel Messi, representando a Argentino, e o goleiro Claudio Bravo, do Chile. Pela Bolívia, o atacante Marcelo Moreno, que teve passagem no futebol brasileiro, é o representante. Em entrevista ao "ge", o Flecheiro falou sobre a situação.

"A gente teve uma reunião com a Fifa e parece que vai ter uma alteração no formato das Eliminatórias. Quem sou eu para mudar isso? A ordem vem lá de cima. A Fifa é quem decide, mas eu acho bom, válido, vai ser interessante, porque os jogadores não vão estar se deslocando muito tempo viajando e voltando para as seleções", disse o artilheiro das Eliminatórias Sul-Americanas.

"Muitas vezes você vai (para a Seleção) umas quatro ou cinco vezes, como foi no ano passado. Você quase nem fica no clube. Eles querem reduzir e você ficar um tempo maior na seleção, mas você disputa mais jogos, então seria mais viável, não fica viajando e perdendo esse tempo", completou Moreno.

A fórmula de disputa ainda não está definida, mas deve ser reduzida em relação ao modelo atual. No lugar dos quase quatro anos, as novas Eliminatórias devem durar cerca de dois anos. Embora tenha a mudança, o formato não será tão novo assim, caso concretizado.

A ideia, segundo o "Uol", é fazer um sistema semelhante ao que era disputado até a Copa do Mundo de 1994, nos Estados Unidos, com dois grupos de cinco países e cada seleção fazendo entre oito e dez partidas. Como no Mundial da América do Norte terão 48 seleções, a distribuição de vagas ficaria da seguinte forma: as três primeiras de cada grupo avançam direto para a Copa, enquanto os dois times que ficarem em terceiro disputam um mata-mata para ver quem vai jogar a repescagem intercontinental.

O assunto será debatido novamente na próxima quinta-feira (31), data do Congresso da Fifa que será realizado em Doha, no Qatar. Além deste tema, outras pautas serão discutidas, como a possibilidade de convocação de 26 atletas para o Mundial de 2022. No dia seguinte, acontece o sorteio dos grupos da Copa do Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários