Planejamento do Internacional se desenha com saída de jogadores
Futebol Latino
Planejamento do Internacional se desenha com saída de jogadores


Diante do cenário onde o Internacional só voltará a jogar quando do início do Campeonato Brasileiro, algo previsto para acontecer em abril, a diretoria do clube aproveita o período sem jogos e dar sequência no planejamento onde a saída de alguns nomes parece mera questão de tempo e oportunidade.

>Receba as principais notícias com o novo canal do LANCE! no Telegram

Dois dos nomes que estariam perto de findar sua trajetória no Beira-Rio seriam o zagueiro Cuesta e o meio-campista Rodrigo Dourado. Enquanto o primeiro deles perdeu espaço na equipe e também não conta com a antiga predileção do torcedor, as constantes lesões mitigaram as chances de Dourado e já se sabe que o atual contrato, válido até dezembro, não será renovado.

Tanto Cuesta como Dourado não tem a sua saída sendo tratada como passível de mera rescisão contratual, já que o tempo de vínculo restante (tendo o defensor acordo até dezembro de 2023) possibilita rentabilizar através de transferências.

Outro jogador que não tem sua permanência tratada como provável, apesar do caráter de regularidade em desempenho apresentado até o fim de 2021, é Edenilson. Com a constante "sombra" do Atlético-MG, ele é visto como o grande nome do plantel no sentido de potencial de negociação, esperando o clube receber uma quantia considerável por sua saída para dentro ou fora do futebol nacional.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários