Altitude e viagens longas: Palmeiras tem grupo com 'cara de Libertadores' em busca do tetra
Rafael Ribeiro
Altitude e viagens longas: Palmeiras tem grupo com 'cara de Libertadores' em busca do tetra


Se esportivamente falando o Palmeiras vai iniciar a sua caminhada rumo ao tetra da Copa Libertadores sem maiores preocupações, fora dele o clube foi sorteado em uma chave que representa tudo aquilo que os brasileiros temem: viagens longas e altitude. O Verdão divide o Grupo A do mais importante torneio do continente com Emelec, do Equador, Deportivo Tachira, da Vanezuela, e Independiente Petrolero, da Bolívia. Confira todos os grupos AQUI.


Ao todo, o Verdão terá que se deslocar 5.885,2 km até Guiaquil para encarar o Emelec e 6.732,4 km até San Cristóbal para o duelo ante o Deportivo Tachira. A viagem mais próxima é para Sucre, 2.539 km para o confronto com o Independiente Petrolero. Entretanto, o duelo reservará ao Alviverde uma altitude de 2.810 metros.

Ao todo, contando ida e volta, o Palmeiras terá que viajar 30.313,2 km nesta fase de grupos da Libertadores. Distância suficiente, por exemplo, para ​o técnico Abel Ferreira ir ver sua família duas vezes em Lisboa.

Vale lembrar que o Palmeiras sustenta a maior sequência invicta como visitante da história da Libertadores. Até agora são 15 jogos seguidos sem derrota fora de casa (dez vitórias e cinco empates). A última derrota ocorreu ante o San Lorenzo por 1 a 0, em Buenos Aires (ARG), pela fase de grupos em 2019.

Sobre o histórico dos confrontos, apenas o duelo com os bolivianos será inédito ao Palmeiras. A equipe enfrentou e venceu o Emelec duas vezes pela fase de grupos da edição de 1995, com um 3 a 1,no jogo de ida e 2 a 1 em São Paulo.

O Deportivo Táchira fez frente ao Verdão em duas Libertadores seguidas, em 2005 e 2006, com os brasileiros vencendo todos os quatro duelos. Na fase de grupos de 2005, fez 3 a 0 no Parque Antártica e 2 a 1 em San Cristóbal. Na primeira fase de 2006, fez 2 a 0 em sua casa e 4 a 2 fora.

As datas dos confrontos da Libertadores ainda serão confirmadas pela Conmebol. A estreia da equipe alviverde na busca pelo tetracampeonato da competição será na semana do dia 06 de abril.

De acordo com o calendário prévio, os demais duelos da fase de grupos estão previstos para as semanas dos dias 13 de abril (2ª rodada), 27 de abril (3ª rodada), 04 de maio (4ª rodada), 18 de maio (5ª rodada) e 25 de maio (6ª rodada).

Já as fases decisivas da Libertadores estão programadas para 29 de junho e 06 de julho (oitavas de final), 03 de agosto e 10 de agosto (quartas de final), 31 de agosto e 07 de setembro (semifinais) e 29 de outubro (final) – a grande decisão acontecerá no Estádio Monumental Isidro Romero Carbo, mais conhecido como Monumental de Guayaquil, justamente onde o Verdão enfrentará o Emelec.

Brasileiro com mais edições de Libertadores disputadas (22), vitórias em partidas (117) finais alcançadas (6) e títulos (3), o Verdão luta pela hegemonia continental total. Caso conquiste o troféu esse ano, será o representante do país com o maior número de conquistas individuais e seguidas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários