Fittipaldi tem renda de publicidade penhorada por conta de dívida
Lance!
Fittipaldi tem renda de publicidade penhorada por conta de dívida


A Justiça paulista ordenou a penhora da receita dos contratos de publicidade do ex-automobilista Emerson Fittipaldi . A decisão foi tomada por conta de uma dívida de cerca de R$ 1,5 milhão do bicampeão mundial de Fórmula 1 com a empresa Travessia Securitizadora de Créditos Financeiros. A informação é do jornalista Rogério Gentile, do portal UOl.

Fittipaldi passa por turbulências financeiras e tem dívidas estimadas em mais de R$ 50 milhões com diversos credores. Em 2021, ele assinou um contrato publicitário para atuar como "embaixador" da empresa Magnum Tires, revendedora dos pneus GT Radial. Segundo informações que Emerson Fittipaldi esclareceu à Justiça, a contratação prevê o pagamento de 30 parcelas de R$ 25 mil, sendo que 70% seriam destinados ao ex-piloto, e o restante, para a empresa que o agencia.

Ao solicitar a penhora dos valores à Justiça, a empresa securitizadora afirmou que, embora tenha uma situação que beire a insolvência, Fittipaldi "ostenta uma vida luxuosa" nas redes sociais. Na defesa apresentada à Justiça, o ex- automobilista informou que o contrato publicitário é atualmente a sua única fonte de renda.

O ex-piloto explicou que as dívidas surgiram quando tentou investir em etanol, aderindo a um programa lançado pelo governo, mas, de acordo com ele, nada do prometido foi realizado. Os empréstimos bancários, com juros altos, teriam agravado a situação. Emerson Fittipaldi ainda pode recorrer da decisão que determinou a penhora.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários