Corinthians pode ter vilões recentes e reedição de final na sua chave da Libertadores
Fábio Lázaro
Corinthians pode ter vilões recentes e reedição de final na sua chave da Libertadores


O sorteio da fase de grupos da Conmebol Libertadores, que será realizado nesta sexta-feira (25), às 12h (horário de Brasília), renderá pelo menos uma recordação recente ao Corinthians , seja ela boa ou ruim.

Na chave dois, o Timão pode ter pela frente uma reedição da final de 2012, única que o clube disputou, e que saiu vencedor, contra o Boca Júniors, da Argentina ou reencontrar algozes recentes, como Nacional e Peñarol, do Uruguai, e até mesmo o Deportes Tolima, da Colômbia, responsável por eliminar a equipe alvinegra na fase preliminar da Liberta, em 2011, na primeira vez que um time brasileiro caiu antes da fase de grupos da competição continental.

> TABELA - Confira a tabela do Paulistão que está em reta final
> GALERIA -Relembre todos os jogos de mata-mata do Timão na Arena

Há também a possibilidade do Corinthians encarar o River Plate, da Argentina, que é uma grande pedra no sapato na história corintiana, tendo eliminado o Time do Povo da Libertadores em duas ocasiões, em 2003 e 2007.

O Timão está no segundo pote do torneio continental esse ano, junto com os paraguaios do Cerro Porteño e Libertad, os chinelos do Colo-Colo e Universidad Católica, os argentinos do Vélez Sarsfield e os equatorianos do Emelec, que são equipes que o clube alvinegro com certeza não enfrentará nesta fase.

Como equipes da mesma nacionalidade não podem cair no mesmo chaveamento, o Corinthians já sabe que não enfrentará Atlético-MG, Athletico-PR, Flamengo e o atual bicampeão Palmeiras na fase de grupos, restando apenas os uruguaios do Nacional e Peñarol, e os argentinos do Boca Júniors e River Plate disponíveis para cruzar com o Timão.

O Peñarol foi o responsável pela eliminação corintiana ainda na fase de grupos da Copa Sul-Americana do ano passado, vencendo duas vezes a equipe corintiana, em São Paulo e Montevidéu, e sendo o único classificado da chave.

Já o Nacional foi quem desclassificou o Timão na Libertadores de 2016. Após empatar em 2 a 2 no jogo de volta, disputado na Neo Química Arena, os Albos avançaram por conta do gol qualificado, já que no Uruguai a partida terminou em 0 a 0.

No caso do Boca Júniors, ao mesmo tempo que os xeneizes trazem boas recordações ao Timão, com o título corintiano conquistado há 10 anos sobre elas, a temporada seguinte, em 2013, marcou a eliminação do Corinthians para os argentinos.

No jogo de ida o Boca venceu por 1 a 0, jogando no estádio La Bombonera, na Grande Buenos Airas. Mas na volta o Timão até hoje de dois gols mal anulados e dois pênaltis não marcados pelo árbitro paraguaio Carlos Amarilla, no empate em 1 a 1, que destruiu o sonho do bicampeonato da América para o Corinthians.

Em 1991, as duas equipes também se cruzaram em uma fase de oitavas de final da Libertadores, com o Boca Júnior avançando ao vencer por 3 a 1 em casa, e empatar em 1 a 1 fora.

Caso o Timão cruze com um dos dois times argentinos do primeiro pote, não poderá ter pela frente o Colón, do pote três, além do Red Bull Bragantino, que é time compatriota, reduzindo as opções para seis, duas a mais do que em relação ao pote um.

Já quanto ao pote, América-MG e Fortaleza não poderão estar neste cruzamento. E caso o sorteado do pote um seja Boca ou River, Estudiantes e Talleres não poderão fazer parte do grupo.

O quarto pote também pode colocar o Corinthians em deslocamentos para regiões montanhosas, jogando contra a altitude. O Always Ready manda os seus jogos no ponto mais alto possível da Libertadores, na cidade de El Alto, na Bolívia, 4.090 metros acima do nível do mar.

Há também o The Strongest, da cidade boliviana de La Paz, e o Independiente Petrolero, de Sucre, que representam 3.600 e 2.800 metros de altitude, respectivamente.

Com o sorteio sendo realizado nesta sexta-feira (25), as datas e horários dos jogos serão definidos nos dias seguintes. A estreia da fase de grupos está prevista para o intervalo entre os dias 5 e 7 de abril, com o a última rodada acontecendo entre os dias 24 a 26 de maio.

A final da competição está marcada para o dia 29 de outubro e esse ano será realizada no estádio Municipal de Guaiaquil, no Equador.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários