Vasco, SAF, 777 Partners e reforços: o que sabemos até o momento
Felippe Rocha
Vasco, SAF, 777 Partners e reforços: o que sabemos até o momento


A transferência do futebol do Vasco para a 777 Partners caminha positivamente, e o último sábado foi simbólico. Nesta quinta-feira, haverá reunião importante no Conselho Deliberativo do clube enquanto, paralelamente, Nene e se preparam para a Série B. O elenco deverá ser reforçado, mas ainda não com reforços acima da atual realidade cruz-maltina. Abaixo, respondemos a algumas perguntas comuns à torcida nos últimos dias.

1. O time de scout do Genoa / 777 Partners já está à frente das pesquisas pras negociações para o Vasco?
Sim. Profissionais do clube italiano já pertencente à empresa estão apoiando com grande influência a pesquisa por reforços para a sequência da temporada vascaína.



2. A solução financeira para busca destes reforços será a partir de uma parte dos R$ 70 milhões já emprestados?
A princípio, não. O acordado com Josh Wander e companhia durante o final de semana foi que a parceria de momento será estrutural. O empréstimo-ponte pode até ser utilizado mais adiante, mas sob total responsabilidade do Vasco. O clube tem responsabilidades de pagamentos até o final do ano cujo montante contratado com a 777 não quita. Contudo, outro aporte será feito pelos americanos numa etapa posterior do negócio.

3. Em que momento interno está o rito da SAF-Vasco?
Nesta quinta-feira, o Conselho Deliberativo do Vasco vai debater e votar a criação de uma Sociedade Anônima do Futebol. Caso aprovada, o próximo passo será uma Assembleia Geral Extraordinária (AGE). E outro ciclo de reuniões no Deliberativo e AGE deverá acontecer para sacramentar a venda da tal SAF-Vasco à 777 Partners.

4. Em quanto tempo isso deverá ocorrer?
Impossível prever, mas é provável e a expectativa, nos bastidores do clube, é de que em poucos meses a empresa estadunidense tenha o controle do departamento de futebol cruz-maltino.

-> Confira a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

5. Os movimentos do departamento de futebol já estão sob comando informal da 777?
Não. O que existe é uma cooperação. Enquanto o último passo formal não for dado, a hierarquia tem Zé Ricardo, Carlos Brazil e, em última instância, Jorge Salgado no comando.

6. Há chance de mudanças de comando nas quase três semanas que faltam para o início da Série B do Campeonato Brasileiro?
Pelo que o LANCE! apurou, não.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários