Reforço mais caro da história do Botafogo, Patrick de Paula se despede do Palmeiras na internet
Lance!
Reforço mais caro da história do Botafogo, Patrick de Paula se despede do Palmeiras na internet


Contratação mais cara da história do Botafogo , o volante Patrick de Paula se despediu oficialmente do Palmeiras por meio de suas redes sociais.


Em uma postagem emotiva, a cria da Academia disse que 'histórias são feitas de início, meio e fim' e ressaltou a importância do Alviverde em sua trajetória como atleta.

- As histórias são feitas de início, meio e fim. Hoje é dia do final de um ciclo vitorioso e de muito aprendizado na minha carreira. Me despeço do clube que me proporcionou os melhores momentos da minha vida até aqui, e ao escrever essa despedida me encho de orgulho desta trajetória, mas acima de tudo, gratidão por ter tido o privilégio de poder fazer parte da história desta família chamada Palmeiras. Da base ao profissional pude realizar sonhos de criança, e ao lado dessa torcida fantástica, comemorar títulos históricos e gols em clássicos. Aqui também fiz amigos que levarei para minha vida e aprendi a ser homem, pai e amadurecer como profissional.

Patrick chega ao Glorioso após pagamento de 6 milhões de euros (cerca de R$ 33,3 milhões) por 50% dos direitos federativos.

A saída do volante era esperada. Nesta temporada, o ex-camisa 5 alviverde caiu em desgraça com o técnico Abel Ferreira, ficando de fora da lista de inscritos do Mundial de Clubes e da Recopa Sul-Americana. No textão de despedida, a revelação palmeirense fez questão de se desculpar por supostos atos de indisciplina que o fizeram se afastar do comandante português

- Deixo meu agradecimento especial ao João Paulo (coordenador da base) e ao Abel Ferreira, ambos que me ajudaram a crescer pessoalmente e profissionalmente. Sempre que estive em campo, dei o meu melhor pelo clube, pois sei a responsabilidade que tenho ao defender essa camisa, sei da importância que temos para torcida e a grandeza que é vestir este manto. Por isso, peço desculpas se em algum momento falhei, mas saibam que sempre foi com o objetivo de acertar e buscar dar o meu melhor por vocês, pela minha família e pelo Palmeiras.

Por fim, Patrick enalteceu o Verdão e sua torcida.

- Obrigado a todos meus colegas que estiveram ao meu lado ao longo desses anos, a todo staff do clube, aos funcionários que são nossa família dentro do CT, e a toda torcida que faz do Palmeiras um dos maiores clubes do mundo. Os mais de 10 títulos e mais de 100 jogos foram sempre com muito empenho e suor, e as alegrias vividas ficarão para sempre na minha memória e no meu coração. Pela minha família, por mim, por tudo que vivi: Obrigado, Palmeiras!

Ao todo, Patrick tem 103 jogos pelo Alviverde e nove gols marcados desde que foi promovido das categorias de base por Vanderlei Luxemburgo, em 2020. O volante estava desde 2017 no Verdão, descoberto após se destacar na Taça das Favelas, tradicional competição amadora do Rio de Janeiro (RJ). O protagonismo com o antigo treinador, contudo, acabou com a chegada de Abel. O português sempre enfatizou que via falta de empenho do camisa 5, que chegou a ser afastado por ser flagrado em uma balada clandestina durante a pandemia, multado por entrar em campo de brinco e acusado de faltar a treinos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários