Heroico, Náutico vence o Botafogo-PB nos pênaltis e vai à semi Copa do Nordeste
Futebol Latino
Heroico, Náutico vence o Botafogo-PB nos pênaltis e vai à semi Copa do Nordeste


Em confronto único válido pelas quartas de final da Copa do Nordeste, apenas a vitória interessava a Botafogo-PB e Náutico, na noite desta quarta-feira, no estádio Almeidão, em João Pessoa. E os visitantes se deram melhor. Apesar de sair na frente com Leilson, momentos depois da expulsão de Richard Franco, o Timbu ainda conseguiu encontrar seu empata antes do término da partida. Com a vaga nas semifinais sendo definidas nas penalidades, o alvirrubro acabou levando a melhor conseguindo sua classificação.

Como adversário na semi, o clube de Pernambucano terá pela frente o Fortaleza, que vem embalado após o eliminar o Atlético-BA, por 5 a 1.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

INÍCIO DE JOGO MOVIMENTADO

Fazendo valer o fator casa, a equipe do Botafogo partiu pra cima do Náutico logo no começo. Nos primeiros minutos de bola rolando, criou duas boas chances, sendo a melhor delas com Gustavo Coutinho, mas a bola cruzada pelo atacante acabou parando nas mãos de Lucas Perri.

Tentando não ficar apenas atrás, o Timbu também ofereceu perigo na frente. Apostando em jogadas pela esquerda com Leandro Carvalho, o time comandado por Felipe Conceição tentava furar o bloqueio feito pelo sistema defensivo do Belo, mas não causou problemas ao goleiro Luis Carlos.

JOGO TRUNCADO

Com o tempo passando, apesar do Náutico continuar na insistência de encontrar seu gol primeiramente, o Botafogo não queria saber de ser surpreendido. Sendo assim, até meados dos 30 minutos, os mandantes tentavam pegar de surpresa a zaga do alvirrubro, inclusive em jogadas de bola parada como a falta cobrada por Leilson que acabou indo para fora.

Já na reta final, o Timbu passou a ditar as ações em campo. Até os acréscimos, obrigou o goleiro Luis Carlos a trabalhar em duas finalizações com perigo de Jean Carlos, mas que não foram o suficiente para tirar o zero do placar no Almeidão.

BOTA ADOTA POSTURA OFENSIVA E NÁUTICO TEM JOGADOR EXPULSO

Na volta para a etapa complementar, apenas o treinador do time paraibano foi quem resolveu optar por mudança em seu esquema tático inicial. Em uma troca no meio, Tinga acabou deixando o campo e Adriano entrou em seu lugar. Apesar da chuva, o Belo mostrou forças no início do segundo tempo. Até meados dos 10 minutos, pressionou o adversário em chances criadas por Gustavo Coutinho e Leilson, mas sem êxito em ambas.

Na sequência, o Náutico acabou se complicando no jogo. Aos 13 minutos, Richard Franco acabou parando Leilson em jogada promissora. Por ter sido advertido com amarelo no primeiro tempo, o meia acabou sendo expulso.

BELO ABRE A CONTAGEM, MAS TIMBU BUSCA O EMPATE

Com um a menos em campo, o técnico Felipe Conceição então resolveu fazer três substituições seguidas, entre elas a saída de Léo Passos para a entrada de Djavan, reforçando sua zaga. Porém não surtiu efeito. Aproveitando as dificuldades do rival, aos 26 minutos, após Adriano passar para Gustavo Coutinho, o atacante viu seu companheiro Leilson em boas condições só tendo o trabalho de mandar para o fundo das redes.

Tentando manter a calma mesmo atrás no marcador, o Náutico não desanimou. Buscando o tento de igualdade na sequência, chegou a ter pressa nas jogadas ofensivas, até que aos 42 minutos, após uma falta perigosa, Júnior Tavares, contando com desvio de Gustavo Coutinho no meio do caminho, deixou tudo igual em João Pessoa.

Nos momentos finais, contando com os 6 minutos de acréscimos, foi a vez do Botafogo pressionar. Entretanto, mesmo apostando em jogadas aéreas, o alvirrubro mostrou que sua reação não havia sido em vão conseguindo levar a decisão para as penalidades.

Nas cobranças, o Náutico acabou vencendo pelo placar de 4 a 3, avançando na competição para festa de sua torcida, que marcou boa presença no Almeidão.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO-PB 1(3)x(4)1 NÁUTICO


Data e horário: 23/03/2022, às 20h (de Brasília)
​Local: Estádio Almeidão, em João Pessoa (PB)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique
Assistentes: Nailton Junior de Sousa Oliveira e Eleutério Felipe Marques Junior

Cartões Amarelos: Richard Franco, 34'/1ºT; Djavan, 29'/2ºT; Paulo Vitor, 35'/2ºT

Cartão Vermelho: Richard Franco, 13'/2ºT

Gols: Leilson, 26'/2ºT (1-0); Júnior Tavares, 42'/2ºT (1-1)

BOTAFOGO-PB: Luis Carlos; Elias Lira, Gabriel Yanno, Paulo Vitor e Bruno Ré; Diego Gomes (Adilson Bahia, aos 20'/2ºT), Tinga (Adriano, no intervalo) e Alessandro (Gabriel Rangel, aos 30'/2ºT); Nicolas (Ratinho, aos 11'/2ºT), Gustavo Coutinho e Leilson.
(Técnico: Gerson Gusmão)

NÁUTICO: Lucas Perri; Hereda, Wellington, Carlão, Jr. Tavares; Richard Franco, Wagninho (Ralph, aos 31'/2ºT) e Jean Carlos (Amarildo, aos 31'/2ºT); Leandro Carvalho (Juninho Carpina, aos 20'/2ºT), Ewandro (Pedro Vitor, aos 18'/2ºT) e Léo Passos (Djavan, aos 19'/2ºT).
(Técnico: Felipe Conceição)

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários