Grêmio sonda Gabriel Menino, Palmeiras recusa empréstimo e frustra plano inicial dos gaúchos
Rafael Ribeiro
Grêmio sonda Gabriel Menino, Palmeiras recusa empréstimo e frustra plano inicial dos gaúchos


Depois de Patrick de Paula ser vendido ao Botafogo, o Palmeiras viu outros clubes do futebol brasileiro criarem coragem para propor negócios envolvendo atletas que não estão tendo espaço com o técnico Abel Ferreira. E nesta semana foi a vez de Gabriel Menino. O meia, com passagem pela Seleção Brasileira, recebeu uma sondagem para defender o Grêmio por empréstimo na Série B, mas a oferta foi recusada pelo Verdão.


Não foi a primeira busca pelo camisa 25 recebida pelo Alviverde. Conforme o LANCE! apurou com pessoas ligadas à diretoria de futebol, América-MG e equipes dos EUA já procuraram o clube propondo acordos por empréstimo.

Não é o desejo da gestão Leila Pereira firmar negócios neste modelo. A reportagem apurou que após conversa com Abel, o clube prefere manter Menino no grupo, afinal ele é útil pela sua versatilidade - pode atuar como lateral-direito -, do que liberá-lo por acordo temporários.

Por mais que Menino tenha perdido a preferência não só com a comissão técnica, mas também com a torcida e o restante do elenco, principalmente após curtir a postagem comemorativa do Chelsea depois da derrota alviverde no Mundial de Clubes, a avaliação é de que não há vantagem em liberar um jogador avaliado em 15 milhões de euros (cerca de R$ 80 milhões) e que pode ter propostas do futebol europeu na janela de transferências. O Verdão aceitaria até metade disso para liberar Menino.

Segundo pessoas ligadas ao futebol alviverde, a proposta gremista previa o empréstimo por uma quantia considerada irrisória. Diferente dos mineiros, havia a vantagem apenas do Palmeiras não precisar pagar parte dos salários, como foi sugerido.

A ambos, o Palmeiras deixou as portas abertas para propostas que envolvam a compra de parte dos direitos federativos, como aconteceu com Patrick de Paula.

Pelo Palmeiras, Menino soma 97 partidas, tendo marcado seis gols e dez assistências, além, é claro, de ter conquistado o bi da Libertadores, Copa do Brasil e as Olimpíadas de Tóquio-2020 com a Seleção Brasileira. O jogador de 21 anos, que já fora monitorado por gigantes como o Manchester City, tem contrato com o Palmeiras até dezembro de 2024, com multa em torno de 60 milhões de euros (cerca de R$ 393 mi), valor considerado fora da realidade para sua saída pelo próprio Palmeiras.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários