Conselho Fiscal do Cruzeiro recebe contratos feitos pela antiga e atual gestçao do clube
Valinor Conteúdo
Conselho Fiscal do Cruzeiro recebe contratos feitos pela antiga e atual gestçao do clube


O emnate interno no Cruzeiro segue quente e tem mais um capítulo. O Conselho Fiscal do clube recebeu vários documentos e contratos, que foram pedidos pelos conselheiros, para análise antes de darem um parecer na reunião do dia 4 de abril, que vai definir a concretização ou não da SAF cruzeirense para Ronaldo Fenômeno.

Os papéis foram entregues antes do prazo de 48 horas um relatório será apresentado na reunião do conselho deliberativo. Estão nas mãos os conselheiros os seguentes documentos e acordos.


-O acordo tributário com a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional;
Situação real de todos os imóveis do Cruzeiro documentada (Toca da Raposa I, Toca da Raposa II, Clube do Barro Preto, Sede Campestre e Sede do Barro Preto);

-Salário de todos os funcionários do clube durante toda a gestão do Sergio Santos Rodrigues, com documentos comprobatórios;

-Contrato do Cruzeiro com a XP Investimentos;

- Contrato do Cruzeiro com a Alvarez & Marsal;

-Acordo, contrato e distrato com a WeWork, além de todas as alterações que aconteceram durante o período;

-O balanço mensal de todos da gestão do Sergio Santos Rodrigues, inclusive com os meses do ano de 2022, até a presente data.

O conselho fiscal quer dar subsídios para os demais membros do conselho decidirem ou não, se aceitarão os pedidos de Ronaldo para alterar o contrato de compra da SAF estrelada na reunião do dia 4 de abril.


A documentação começa a ser analisada após a revelação do conteúdo do contrato de pré-compra da SAF, que mostrou ser mais favorável a Ronaldo, do que para o clube em alguns pontos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários