Nonato vê derrota na Libertadores como 'fora da normalidade' e exalta vitória do Fluminense na semifinal
Luiza Sá
Nonato vê derrota na Libertadores como 'fora da normalidade' e exalta vitória do Fluminense na semifinal


O Fluminense reagiu depois da eliminação na terceira fase da Libertadores e venceu o Botafogo por 1 a 0 no primeiro jogo da semifinal do Campeonato Carioca, no Estádio Nilton Santos. Para o volante Nonato, que entrou bem e ajudou a mudar o rumo da partida no segundo tempo, a derrota no Paraguai para o Olimpia foi fora da curva do que o time vem apresentando até o momento na temporada.

- A partida de quarta-feira saiu da normalidade do nosso time. Quem acompanha sabe disso. Não temos que usar isso como base, tem que deixar o passado no passado. Saber que nosso time tem capacidade e vamos entrar para ganhar, como sempre. O Fluminense em toda partida, todo campeonato, sempre entra para vencer. Não vai ser diferente contra o Botafogo, mesmo com a vantagem - afirmou o jogador.



Com a vantagem, o Flu chega bem para o confronto de volta, já que a igualdade de placares também dá a classificação ao tricolor pelo título da Taça Guanabara. Nonato foi uma das substituições de Abel Braga no segundo tempo e fez o time jogar, tendo, inclusive, uma boa oportunidade pouco antes do gol de Jhon Arias que sacramentou o placar.

- O importante nessa partida era vencer, retomar as vitórias. Ainda mais depois da dura derrota no Paraguai, sabíamos que precisávamos retomar o bom caminho. Quanto mais rápido fizéssemos isso, melhor. Nada melhor do que fazer isso em um clássico, uma semifinal e sair com a vantagem. O Abel pediu para termos o controle da partida. Às vezes não estávamos conseguindo segurar a bola no ataque, estava sempre na transição. Então foi muito importante esse controle, a posse no campo do adversário - analisou.

A decisão do finalista será no próximo domingo, dia 27, às 16h, no Maracanã. Quem vencer vai encara o Flamengo na decisão do Campeonato Carioca, desta vez sem vantagem do empate para qualquer lado. Os duelos estão marcados para os dias 30/31 de março e 2/3 de abril.

- Mas acredito que a nossa postura foi o que a gente precisava e conseguimos levar essa vantagem para o segundo jogo. Sabemos que todo mundo uma hora vai ter oportunidade, estamos trabalhando para isso. Todos do elenco estão aptos para entrar e nos ajudar. Para mim foi importante receber a chance. O Abel confiou e mostramos dentro da partida que damos conta do recado. Espero que continue assim - finalizou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários